Saúde

Entenda a relação entre a vacina da gripe e o combate à Covid-19

Com a escalada de casos de Covid-19, a vacinação tem sido vista como a principal esperança para redução desses números. Enquanto profissionais da saúde e idosos são imunizados contra o coronavírus, o calendário da saúde também indica a importância de tomar a vacina da gripe, que começa a campanha em 12 de abril. Confira abaixo a relação entre as duas vacinas e como a imunização contra a gripe é ainda mais importante nesse momento de pandemia.

Aplicação de vacinas deve ter intervalo de 14 dias

Como idosos e profissionais de saúde fazem parte do público-alvo das duas vacinas, uma das principais dúvidas é sobre os cuidados para receber as duas imunizações. A recomendação do Ministério da Saúde é que seja feito um intervalo de, pelo menos, 14 dias entre a vacina da Covid-19 e a da gripe, e vice-versa. Isso porque ainda não há um estudo aprofundado sobre possíveis efeitos colaterais das duas vacinas ao serem aplicadas simultaneamente. Nesse caso, é importante manter o intervalo de 2 semanas entre as diferentes doses.

Redução nos casos de gripe

Febre, calafrios, dores musculares, tosse, congestão nasal, coriza, dores de cabeça e fadiga estão entre os sintomas da gripe que também são apresentados por pacientes infectados pela Covid-19. De acordo com o infectologista do Hospital Universitário Cajuru, João Telles, a vacina da gripe diminui os casos de doenças respiratórias graves causadas pelo Influenza (vírus da gripe), o que se torna ainda mais importante devido à pandemia do novo coronavírus. “Com os prontos atendimentos sobrecarregados, toda diminuição de casos pode ajudar na organização do sistema de saúde e no trabalho das equipes que estão na linha de frente do combate à Covid-19”, diz.

Auxílio no diagnóstico dos casos de Covid-19

Com mais pessoas imunizadas contra o vírus da Influenza, menos pacientes irão aos hospitais e unidades básicas de saúde apresentando gripe. Para João, essa realidade ajuda a identificar os casos mais prováveis de Covid-19, pois uma vez que o paciente tenha se vacinado contra a gripe, menor a probabilidade dela e maior da Covid-19.

Vacina da gripe não anula a necessidade de imunização da Covid-19

O fato dos sintomas serem parecidos não anula a necessidade das duas imunizações, já que cada vacina tem por objetivo combater vírus distintos que agem no sistema imunológico com níveis de gravidade diferentes. Sendo assim, é necessário tomar as duas vacinas assim que estiverem disponíveis.

Campanha de vacinação da Gripe em 2021

A vacina da gripe potencializa a resposta imunológica. Segundo o infectologista, a vacina prepara o corpo para combater o vírus Influenza de forma mais eficiente e previne complicações como necessidade de UTI e até mesmo mortes por gripe. “A imunização faz com que o organismo fique protegido contra o vírus da gripe e reduz as chances dos pacientes idosos e com comorbidades apresentarem complicações mais severas. Por isso é muito importante que toda a população tome a vacina”, finaliza. 

A campanha de vacinação da gripe acontece de 12 de abril a 9 de julho, seguindo uma programação para cada público-alvo.

Fonte: Central Press


Ver também:


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Assine com PIX

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo