Esportes

Surfe: Medina avança na Austrália e chega ao topo do ranking

Compartilhar

Yago Dora e Tatiana Weston-Webb também seguem na etapa de Narrabeen.

Três brasileiros continuam na disputa do título da terceira etapa do World Surf League Championship Tour 2021, que acontece em Narrabeen, na Austrália. Nesta segunda-feira (19), Gabriel Medina, Yago Dora e Tatiana Weston-Webb bateram seu adversários e chegaram às quartas de final. Com a derrota de Ítalo Ferreira e vitória de Gabriel nas oitavas de final, o bicampeão mundial assumiu a liderança do circuito.

Medina passou por outro brasileiro, Caio Ibelli, com a maior nota da competição: 9,00, por um aéreo com giro completo no ar e aterrissagem perfeita. “Feliz por conseguir pegar boas ondas nas baterias. Estou me divertindo e focado, porque eu quero chegar na final”, disse o líder do ranking à assessoria da World Surf League (WSL). “Muito feliz pelas minhas notas e, agora, é esperar o último dia, que vai ser irado. Graças a Deus está dando tudo certo até agora e esse evento aqui em Narrabeen está sendo incrível. Tem dado altas ondas, o lugar é maneiro e estou feliz por estar aqui”.

O catarinense Yago Dora fez a melhor apresentação do evento contra o paranaense Peterson Crisanto. Com dois aéreos completos, Yago somou notas 8,83 e 7,50 e fez o maior placar até agora: 16,33 pontos. “Ontem (domingo) tinha aquele vento maral fechando as ondas. Hoje, mesmo um pouco menor, o vento terral deixa as ondas mais limpas e melhores para surfar”, analisou Yago Dora. “Eu caí em alguns aéreos no início, mas quando completei o primeiro, fiquei mais confiante e logo depois acertei o segundo. O Peterson é um dos meus surfistas favoritos no Tour. Lembro que no meu primeiro campeonato, ele tinha uns 15 anos e tirava duas notas 10 em cada bateria. Ganhava tudo e eu queria ser como ele, então estar neste grupo é incrível”.

Weston-Webb nas quartas

A gaúcha Tatiana Weston-Webb enfrentou a australiana Nikki Van Dijk e se destacou com a variação de manobras, batidas e rasgadas. A vitória veio por 14,00 a 6,23. “É sempre bom começar a bateria com boas notas”, disse a brasileira. “A última bateria que eu tinha disputado foi bem tensa, contra a Tyler Wright e a Laura Enever. Nessas condições é muito complicado com três pessoas na bateria. Contra apenas outra oponente, é mais fácil controlar a bateria e eu me senti mais confiante. Eu fiquei feliz com meu surfe hoje”.

Além de Ítalo Ferreira, Peterson Crisanto e Caio Ibelli, outros brasileiros foram eliminados nas oitavas: Alex Ribeiro, Adriano de Souza, Jadson André e Filipe Toledo.

A etapa de Narrabeen está sendo transmitida ao vivo e de graça no site da WSL.

Quartas de final

Masculino  

Frederico Morais (POR) x Ethan Ewing (AUS)

Gabriel Medina (BRA) x Morgan Cibilic (AUS)

Kanoa Igarashi (JPN) x Conner Coffin (EUA)

Yago Dora (BRA) x Griffin Colapinto (EUA)

Feminino 

Carissa Moore (HAV) x Keely Andrew (AUS)

Sally Fitzgibbons (AUS) x Tatiana Weston-Webb (BRA)

Caroline Marks (EUA) x Johanne Defay (FRA)

Stephanie Gilmore (AUS) x Courtney Conlogue (EUA)

Fonte: Agência Brasil


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo