Esportes

Rossi promete Bahia mordido contra o Fortaleza: ‘Rivalidade que vem aumentando’

Em grande fase no começo da temporada, atacante do Tricolor falou com exclusividade ao site da CBF e projetou confronto pela semifinal da Copa do Nordeste.

Muita disposição, entrega e fome para vencer um rival regional. É isso o que o torcedor do Bahia pode esperar do atacante Rossi na semifinal da Copa do Nordeste contra o Fortaleza, no próximo sábado. Em entrevista exclusiva ao site da CBF, o Búfalo, como é carinhosamente apelidado, falou sobre o confronto com o Leão e a crescente rivalidade entre os dois clubes.

Duas das principais forças do futebol nordestino, Bahia e Fortaleza se reencontram pela terceira vez em poucos meses. O primeiro confronto foi na reta final do Brasileirão Assaí, quando, precisando do resultado para escapar do rebaixamento, o Tricolor Baiano derrotou o Leão por 4 a 0 fora de casa.

Neste ano, pela fase de grupos da Copa do Nordeste, o Fortaleza venceu por 2 a 1, em um jogo que deixou um gosto amargo para o time baiano, como contou Rossi:

“É uma rivalidade que vem aumentando nesses últimos jogos. A gente enfrentou eles precisando vencer de qualquer jeito ano passado, para não cair. E acabamos triunfando por 4 a 0, um belo triunfo, que tirou a gente do sufoco. Esse ano, eles vieram com esse gostinho de vingança e nos venceram. A gente vai se enfrentar numa semifinal de Copa do Nordeste, vai ser um grande jogo, como foram os últimos. Vamos querer vencer de qualquer jeito. Estamos com um gosto amargo, respeitamos a equipe adversária, mas vamos para vencer”.

Mas o clima de rivalidade dentro de campo não chega a ser uma novidade para Rossi na Copa do Nordeste. Conhecida pelos torcedores como A Copa dos Clássicos, a competição tem como uma de suas características os confrontos entre grandes equipes da região.

“Respeitamos a equipe adversária, mas vamos para vencer”

Contratado no início de 2020 pelo Bahia, Rossi está em sua segunda Copa do Nordeste pelo clube e já percebeu esta característica tão singular do torneio.

“A Copa do Nordeste é diferente, tem essa rivalidade entre os clubes. Tem a rivalidade local com nosso rival, tem com o Sport, com o Fortaleza, com o Ceará. Sem dúvida essa é a diferença que eu senti dos outros lugares em que eu passei”, explicou.

Entrosamento e fase artilheira


Neste início de temporada, Rossi tem se acostumado a balançar as redes adversárias. Entre Copa do Nordeste e Copa do Nordeste, são cinco gols marcados em nove jogos pelo atacante, que fez 11 em sua temporada mais artilheira na carreira. Além disso, contribuiu com quatro assistências para seus companheiros.

Ao lado de Gilberto e Rodriguinho, Rossi é peça fundamental no ataque. Junto, o trio foi responsável por 16 gols e 12 assistências nestas duas competições. Um entrosamento de cair o queixo, como os números do trio, que é uma das principais esperanças do torcedor do Bahia para o título.

“A gente tem uma amizade muito boa. Eu, Gilberto, Rodriguinho… Estou muito feliz pelo momento dele (do Gilberto), do Rodriguinho… Nosso trio de ataque tem feito muitos gols. São jogadores inteligentes, e quando você joga com jogadores inteligentes, as coisas passam a fluir com naturalidade. Nosso momento é muito bom, e nada melhor que vivenciar isso numa reta final de Copa do Nordeste”, declarou Rossi.

Promessa para a torcida


Diante de um adversário complicado como o Fortaleza, Rossi sabe das dificuldades que esperam pelo Bahia nesta semifinal. Mas se o desafio será grande, maior ainda é a confiança do atacante na capacidade do Esquadrão de Aço. Diante de um jogo decisivo como esse, o Búfalo deixou um recado para a turma tricolor.

“A torcida do Bahia pode esperar o mesmo time que vem apresentando um belo futebol nos últimos jogos. A gente vai jogar fora de casa, sabemos das dificuldades que vamos enfrentar, vindo de uma viagem longa. Mas isso não será um obstáculo para entrar em campo e buscar o triunfo de qualquer forma. A gente quer muito chegar à final, a gente quer muito esse título. Vamos passar por cima de todos os obstáculos para chegar ao topo”, concluiu.

Fonte: CBF


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo