News

Conheça a filha de Dom Pedro I do Brasil que foi rainha de Portugal

-Dona Maria II de Portugal (1816-1853) é conhecida por ser a segunda e última mulher a governar Portugal. Neta de Carlota Joaquina de Espanha (1775-1830) e filha de Dona Leopoldina de Áustria (1797-1826) não lhe faltaram exemplos de mulheres fortes, inteligentes e corajosas. Sua trajetória pessoal e política é invejável. Foi mãe de sete filhos e legou a Potugal um grande exemplo de governante consciente e decidida.

Dona Maria II de Portugal, também conhecida como Dona Maria da Glória, nasceu em 4 de abril de 1819 no Paço de São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Ela era filha de Dom Pedro I do Brasil (1798-1834) e sua primeira esposa Dona Leopoldina de Áustria. Dona Maria foi a única monarca da Europa a nascer na América e foi a primogênita dos nove filhos do casal real, que ainda ocupavam a posição de príncipes herdeiros do Império Português.

Dona Maria se tornou Princesa Imperial após a Proclamação da Independência do Brasil em 7 de setembro de 1822, e teve uma infância privilegiada, mas perdeu a mãe muito cedo quando a última morreu após abortar um feto em dezembro de 1826. Dona Maria foi a última pessoa a beijar o caixão de Dona Leopoldina antes do féretro partir do Paço de São Cristóvão rumo ao Convento da Ajuda, onde a imperatriz foi sepultada. Meses antes, em março, seu avó, o Rei Dom João VI de Portugal (1767-1826) também havia falecido. Apenas dois meses depois ela havia se tornado rainha de Portugal, devido a abdicação de seu pai do trono português.

Engana-se quem pensa que o reinado de Dona Maria seria tranquilo. Apenas dois anos depois, em 11 de junho de 1828, o seu tio, o Infante Dom Miguel (1801-1866), que havia sido encarregado da regência de Portugal, e que também era seu noivo, foi aclamado rei de Portugal pelas Cortes. Em 7 de abril de 1831 Dom Pedro I abdicou de mais um trono, desta vez o do Brasil, e no dia 13 do mesmo mês, partiu para a Europa com o objetivo de reaver o trono da filha.

Após dois anos de seu início, em 1834, a Guerra Civil Portuguesa chegou ao seu fim quando Dom Pedro I foi declarado vitorioso. Derrotado, Dom Miguel acabou exilado de sua terra natal e o noivado com sua sobrinha foi desfeito. Dom Pedro batalhou ao lado de mercenários e apoiadores fiéis, mas ele teria pouco tempo para comemorar. Em 21 de setembro do mesmo ano ele faleceu aos 35 anos de idade no Palácio de Queluz, vítima de tuberculose, que provavelmente contraiu nas trincheiras da guerra.

Já na Europa, sozinha e com um país para governar Dona Maria II decidiu contrair matrimônio. O escolhido foi o irmão de sua madrasta, o Príncipe Augusto de Beauharnais (1810-1835), com quem se casou, por procuração, em 1 de dezembro de 1834, e que veio a falecer apenas dois meses depois do enlace. Sem pai, viúva e com o peso de uma coroa sobre a cabeça Dona Maria se casaria mais uma vez. Seu segundo consorte foi Fernando de Saxe Coburgo-Gotha (1816-1885), que se tornou Dom Fernando II de Portugal, após o nascimento do primeiro filho do casal, o futuro Dom Pedro V de Portugal (1837-1861).

A última das crianças reais acabou ceifando a vida da soberana. Aos 34 anos, em 15 de novembro de 1853, Dona Maria II de Portugal faleceu no Palácio das Necessidades, em Lisboa. Trinta e seis anos depois, na mesma data, a república seria Proclamada no Brasil, destronando o seu irmão caçula, o Imperador Dom Pedro II do Brasil (1825-1891), que acabou se refugiando em Portugal, terra que sua irmã havia governado por longos anos.

Cronologia:

1819 – Nasce Dona Maria da Glória

1822 – A Independência do Brasil é proclamada

Março 1826 – Dom João VI de Portugal morre

Maio 1826 – Dona Maria da Glória se torna rainha de Portugal. Passa a se chamar Dona Maria II de Portugal

Dezembro 1826 – Dona Leopoldina de Áustria morre

1828 – Dom Miguel é aclamado rei de Portugal pelas Cortes de Lisboa

07 de abril 1831 – Dom Pedro I do Brasil abdica do Trono Imperial Brasileiro

13 de abril 1831 – Dom Pedro I do Brasil parte para a Europa acompanhado de Dona Maria II de Portugal

1834 – Chega ao fim a Guerra Civil Portuguesa

Setembro 1834 – Dom Pedro I do Brasil morre

Dezembro 1834 – Dona Maria II se casa com Augusto de Beauharnais

1835 – Augusto de Beauharnais morre

1836 – Dona Maria II se casa com Dom Fernando II de Portugal

1837 – Nasce Dom Pedro V de Portugal

1853 – Dona Maria II de Portugal morre

1889 – A República é proclamada no Brasil


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Fernanda da Silva Flores

Fernanda da Silva Flores graduada em Histria pela Universidade Norte do Paran (2018) e possu ps-graduao em Gesto Educacional (2019) pela mesma instituio. Fundou o site Rainhas na Histria em setembro de 2016, onde aborda a vida de grandes personagens histricas ao longo dos sculos.
Botão Voltar ao topo