Esportes

Norris se deleita com o ritmo da McLaren

Três corridas para Lando Norris da McLaren em 2021 e três resultados entre os cinco primeiros até agora, com Norris conquistando o P5 no Grande Prêmio de Portugal, após uma corrida em Portimão que o britânico de 21 anos descreveu como “divertido” e “estressante” em igual medida.

Não tendo conseguido recuperar o ritmo de uma volta testemunhado em Ímola há duas semanas – onde Norris falhou por pouco o P3 na qualificação, antes de terminar no pódio pela segunda vez na carreira – Norris largou no P7 em Portimão. Mas uma série de ultrapassagens impressionantes de Esteban Ocon da Alpine e até mesmo de Sergio Perez da Red Bull no início ajudaria Norris a chegar ao quinto lugar na bandeira quadriculada, o britânico segurando os avanços de Charles Leclerc da Ferrari na segunda metade da corrida.

“Bem, são apenas três [corridas]”, riu Norris após a corrida, “mas um trabalho muito bom, por mim, por toda a equipe com os pit stops e tudo. Foi o melhor que podíamos fazer; os [Mercedes e Red Bulls] estavam muito à nossa frente hoje. Nós tentamos e eu até passei na frente do Perez. Se eu tivesse ritmo para ficar lá, teria sido o ideal, mas não o fiz, então tive que cuidar da minha própria corrida, gerenciar minhas próprias expectativas e saber contra quem realmente estou competindo”.

“Mas foi muito divertido a primeira parte… a luta, a corrida foi difícil, mas o que gostamos. A segunda metade foi muito mais estressante mantendo Charles para trás e gerenciando os pneus médios também, então uma corrida de duas metades”.

1315863629
Norris disse que gostaria de ter deixado Perez para trás

Com o companheiro de equipe Daniel Ricciardo se recuperando de seu “sombrio” P16 na qualificação para o P9, a McLaren manteve seu P3 na classificação de construtores e seu recorde de ambos os pilotos terminando nos pontos em todas as corridas até agora este ano – a única equipe a ter conseguiu a façanha.

Mas enquanto Norris disse que um bom desempenho no Bahrein, Imola e Portimão mostrou o progresso que a McLaren fez nesta temporada, ele ainda está ansioso para que a equipe continue pressionando por mais desempenho nas próximas corridas.

“Penso que o fato de termos estado bem aqui dá-nos alguma confiança para outras pistas, com certeza,” disse Norris, que manteve o seu impressionante P3 na classificação de pilotos depois de Portugal. “Definitivamente lutamos um pouco aqui no ano passado, então é bom ver algumas das melhorias que fizemos. Ontem talvez tenhamos lutado um pouco mais do que esperávamos, ou talvez mais hoje fizemos um pouco melhor do que esperávamos”.

“Mas o carro estava bom”, acrescentou. “Ainda não foi fácil de pilotar, ainda fico bastante contente na cauda muitas vezes, especialmente quando está ventando, mas obviamente avançamos muito e, em comparação com os outros caras, tínhamos um ritmo muito bom. Estou feliz, mas não foi fácil. Charles estava me pressionando muito durante todo o período [final]. Portanto, ainda temos trabalho a fazer para tornar minha vida mais fácil, o que é sem.pre bom, mas vamos continuar pressionando”

Com Carlos Sainz da Ferrari terminando fora dos pontos no P11, entretanto, a McLaren aumentou sua liderança sobre seus rivais italianos para 11 pontos na classificação de construtores – com a corrida reiniciando em apenas sete dias no Grande Prêmio da Espanha de 2021 em Barcelona.

1315857972

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo