News

Conheça o processo de implementação do Novo Ensino Médio no Amapá

Formato inovador será realidade em 124 escolas estaduais até 2022. Objetivo é permitir que aluno passe mais tempo aprendendo por meio de projetos, oficinas e atividades práticas.

Imagine uma escola onde os alunos são os protagonistas de sua própria formação e passam mais tempo aprendendo por meio de projetos, oficinas e atividades práticas, podendo escolher em quais áreas querem se aprofundar. Este é o cenário do Novo Ensino Médio que o Governo do Amapá está  implantando, de forma gradativa, em 124 escolas estaduais até 2022.

Conheça o Novo Ensino Médio aqui.


Este novo formato foi idealizado em 2018, com a finalização da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio, que trouxe mais direitos e objetivos de aprendizagem a todos os estudantes da educação básica, além mais deveres por parte do poder público.

A ideia da BNCC, que está fundamentada na Constituição Federal, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no Plano Nacional de Educação (PNE) e nas Diretrizes Curriculares Nacionais, é promover a equidade na aprendizagem – ou seja atender cada aluno, conforme suas necessidades específicas. Nesse cenário de novas legislações, as secretarias estaduais de educação precisaram elaborar o Referencial Curricular do Ensino Médio. 

No Amapá, o documento foi desenvolvido por um comitê formado por técnicos, professores e demais profissionais da Secretaria de Estado de Educação (Seed) e técnicos do Conselho Estadual de Educação. No dia 19 de abril, o Referencial Curricular Amapaense (RCA) recebeu o parecer favorável do conselho e passou para a estratégia de implementação. 


O RCA norteará o ensino médio no estado com novas perspectivas de formação aos estudantes e educadores, métodos de avaliação e atendimento à diversidade e à inclusão.

“Para nós, receber o parecer favorável foi uma vitória muito importante e uma conquista para todos os estudantes da nossa rede. Certamente, há muito a se fazer, mas caminhamos um passo de cada vez, e a educação é nossa prioridade. Agora, focaremos na implantação e elevaremos o ensino aprendizagem de todos os estudantes do ensino médio”, comentou a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, 

Implementar o Novo Ensino Médio é  um trabalho a longo prazo e exige a participação de todos os envolvidos na construção de uma educação de qualidade na última etapa antes do ingresso desse aluno em uma instituição de ensino superior.

Implementação

O Amapá tem até o ano de 2022 para que todas as escolas públicas adotem esse novo formato no ensino médio. Atualmente, as unidades escolares estão reunindo, por meio de encontros virtuais, para abordar todos os principais pontos do processo de implementação.

Nesses encontros, a agenda pedagógica conta com diálogos, reflexões e experiências sobre os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no Amapá e suas realidades e perspectivas para consolidar o novo formato. 

Fonte: Governo do Amapá


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo