Esportes

Amapaense convocada para a Seleção Brasileira está entre as melhores paratletas de taekwondo do mundo

Compartilhar

Leylianne Santos é contemplada pelo Bolsa Esporte do Governo do Estado e vai competir em torneios no Líbano e México.

Aos 24 anos, a paratleta amapaense Leylianne dos Santos já possui uma carreira promissora no esporte e faz parte do raking mundial dos vinte melhores atletas do parataekwondo do mundo. Agora, ela está na fase de preparação para competir no Campeonato Panamericano Open de Parataekwondo, que acontecerá de 31 de maio a 5 de junho em Cancún, no México, e o Ásia Open de Parataekwondo, que será realizado em Beirute,no Líbano, de 12 a 17 de junho.

“É muito gratificante representar meu estado e meu país, sei que essa honra é para poucos”, revela a jovem.

Leylianne conta com o  incentivo do Programa Bolsa Esporte, do Governo do Amapá que em 2020 garantiu mais de R$ 1 milhão de investimentos no esporte local. Atualmente, o benefício dá suporte a 80 atletas e paratletas amapaenses de alto rendimento em modalidades individuais e coletivas.

Leylianne  é atleta com dismelia unilateral em membro superior na categoria K44+ 58kg e há 4 anos recebe o valor mensal correspondente a um salário mínimo, permitindo assim sua participação em torneios  custeando despesas como passagens, material esportivo, serviços técnicos e manutenção pessoal.

“O Bolsa Esporte para o atleta é um recurso financeiro de grande valia. É o que garante nossa participação nos torneios fora do estado, com passagem, hospedagem, alimentação, translado. Eu me sinto privilegiada com esse auxílio que faz toda a diferença na minha carreira”, afirma ela.

Trajetória no esporte

Leylianne começou sua carreira esportiva na modalidade caratê, que se assemelha tecnicamente com o taekwondo, mas confessa que demorou em migrar de modalidade.

“Recebi o convite do mestre Brunno Igreja em 2018 para compor o time de taekwondo e na época  não me interessei muito pois estava focada em outras coisas e na carreira no caratê. Somente em 2019 inicie os treinos e no mesmo ano competi nos níveis estadual, nacional e  internacional, fico muito feliz em ter evoluído em tão pouco tempo”, lembra a esportista.

Ela conquistou medalhas de bronze nos campeonatos Pan Open de parataekwondo, em Portland nos Estados Unidos; Jogos ParaPan-Americanos,  em Lima no Peru, e no Campeonato Brasileiro, em São Paulo, e a medalha de ouro na competição estadual, todos ocorridos em 2019.

Para os torneios que ocorrerão no Líbano e México, Leylianne conta que recebeu a convocação durante a pandemia e, com as academias fechadas, adaptou seus treinos em casa para não ficar sem preparo, com a reabertura dos espaços ela intensificou os treinos com o foco na classificação.

“Estou cem por cento focada, treino duas horas diárias durante cinco dias por semana. A minha expectativa é a mais positiva possível”, garante a jovem atleta.

Fonte: Governo do Amapá


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo