Opinião

Uma carta aberta aos árabes israelenses

Por: Abraham Chicheportiche

Caros cidadãos árabes israelenses,

Se você acha que pode matar um judeu em 2021 com total impunidade e seguir o caminho dos pogromistas árabes de 1929 e do mufti pró-nazista de Jerusalém, Haj Amin Al Husseini, você está redondamente enganado.

Não abriremos mão de um centímetro quadrado de nossa amada terra – nem Lod, Bat Yam, Hadera, Tiberíades ou qualquer outro lugar.

Você pode queimar alguns carros, sinagogas, rolos da Torá, vandalizar lojas, atacar nossos policiais, mas você não vai ganhar.

Todos vocês podem agitar as bandeiras do Hamas, isso não mudará nada. Porque os terroristas em Gaza, que acabaram de enviar aos nossos civis mais de 1.800 foguetes / mísseis, em breve serão reduzidos a pó.

Temos sucesso em todas as áreas.

E você tentou intervir, mas falhou, como você está frustrado em nos ver ter sucesso.

Você se revolta e admite perder, exibindo seu ódio visceral.

São quase 2h da manhã, e foguetes caem sobre minha cidade, Ashdod, o lindo lugar onde escolhi morar.

Eu sou um judeu – como você, um homem de carne e osso. Sou cidadão da minha cidade, parte integrante do povo judeu.

Eu tenho algumas palavras para dizer a você. Não preciso agradá-lo ou mesmo persuadi-lo. Nós não devemos nada a você.

Você não construiu este país, nem mesmo plantou uma árvore quando este país era desolado e era um lugar onde reinavam os chacais.

Você veio aqui quando começamos a fazer o deserto florescer.

Na verdade, parece que você veio aqui para destruí-lo.

É o que você vem fazendo há décadas – na verdade, há séculos.

E seremos amaldiçoados se deixarmos você tentar fazer isso.

A verdade é – e você sabe disso bem no fundo – você prefere ver este país destruído do que governado por judeus.

Você está conosco aqui, você se beneficia de assistência social, trabalho, estudos universitários, assistência médica, empregos em todas as áreas e a segurança que o IDF garante a todos os cidadãos.

Espere – você não gosta de Israel? Você está livre para ir – você tem 23 países árabes que podem acomodá-lo.

A Jordânia é a Palestina, é composta de 70% do território do Mandato Britânico que foi roubado de nós em 1921 para seu benefício.

Durante a guerra de terror em Oslo e a Segunda Intifada, vi judeus explodindo em pedaços. Sacrifícios pela paz? Poucas coisas mudaram. Por muito tempo enterramos vítimas inocentes; sua visão moral ainda não existe.

No Monte do Templo, você vem e joga futebol quando quer, às vezes você também reza, mas na maioria das vezes você vem para saquear este lugar sagrado, enchê-lo de fogos de artifício e pedras e atacar com pedras meus irmãos que vieram rezar no Muro das Lamentações e a polícia que os guardava.

Em cada ocasião, você encontra um pretexto para destruir, queimar, saquear, roubar, agredir e matar: Você gosta de buscar o caos.

Você não vê que não funciona? Você tentou por 150 anos sem sucesso.

O povo judeu voltou à sua terra após 2.000 anos de exílio; eles ficarão lá por toda a eternidade, é o plano de Allah. E sim, Allah é sionista. Você tem que se acostumar com isso.

O povo judeu não teme ninguém em sua terra.

Nenhum poder estrangeiro, mídia, grupos ou indivíduos irão nos intimar ou nos abalar.

O tempo de exílio acabou.

Temos nossa independência e não estamos mais sob o Império Otomano ou a ocupação britânica, ou à mercê de outras nações.

Já passamos por períodos de turbulência severa no passado, e todos os nossos opressores foram jogados na lata de lixo da história.

Continuaremos a viver e a construir nesta terra que é nossa, conforme nos prometido há 3700 anos – a terra onde o Reino de Israel e a Judéia floresceram e onde sempre estivemos presentes.

É o nosso caminho, o da Torá e nada mais.

“Aquele que abençoou nossos ancestrais Abraão, Isaac e Jacó, abençoa nossos soldados do exército de defesa de Israel que defendem, no solo, no ar e no mar, nossa terra e suas cidades sagradas, desde as fronteiras do Líbano até o deserto do Egito e do Mediterrâneo ao Arava, nos continentes, no ar e no mar. “

“O Todo-Poderoso derrotará todos os inimigos que estão contra nós.” Ele irá aniquilar todos eles e não fará exceções.

“Pois é o Senhor nosso Deus que caminha conosco na luta contra todos os nossos inimigos” – até a vitória final.

SOU ISRAEL HAI.

Abraham Chicheportiche nasceu em Paris, França, e começou a escrever artigos em resposta ao aumento exponencial do anti-semitismo e da hostilidade a Israel após o 11 de setembro. Ele é colaborador do Dreuz e de outros sites franceses, bem como do  Arutz Sheva. Ele estudou nos Estados Unidos, depois fez aliá em 2012. Ele mora no sul de Israel.

Fonte: https://www.israelnationalnews.com


Ver também:


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio!

Gratuitamente, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo