News

Capacitação de observadores do Monitor de Secas de Sergipe será realizada em junho

Oficina é promovida pelo Governo de Sergipe é será realizada de forma online.

Tendo em vista a importância do processo de validação do mapa do Monitor de Secas de Sergipe, será realizado no dia 9 de junho, oficina de capacitação, com o objetivo de auxiliar os observadores do Monitor na participação e preenchimento do Formulário Mínimo Padrão. A oficina ocorrerá de forma online, pelo Google Meet, das 8h30 às 11h30. 

O evento, promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), por meio da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente de Sergipe (Serhma-SE) e Instituto Federal de Sergipe (IFS), tem como público alvo funcionários (Observadores do Monitor de Secas) das instituições de agricultura (Emdagro), Defesa Civil e Prefeituras dos municípios do estado de Sergipe.

A Programação inclui a apresentação sobre o Monitor de Secas e o processo de elaboração do mapa mensal, dando ênfase ao processo de validação no estado de Sergipe, apresentação das Cartilhas dos Validadores e Observadores, parte prática com Exercício de Preenchimento do Formulário Mínimo Padrão (FMP), discussões sobre o preenchimento do FMP. Após o evento, os inscritos receberão o certificado de participação referente a capacitação.

Mudança Climática

A partir de compromisso assumido na Carta dos Órgãos Estaduais de Meio Ambiente pelo Clima, em sintonia com os objetivos da Agenda 2030 e do Acordo de Paris, a Sedurbs, por meio da Serhma, vem participando efetivamente da Câmara Técnica de Mudanças Climáticas, coordenada pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente ( Abema). A mudança climática traz impactos para toda a sociedade e enfrentar esse fenômeno demanda uma governança multinível, com ações em escala global, regional e local, com atenção às populações mais vulneráveis, com vistas ao fortalecimento de uma resposta à ameaça das mudanças climáticas que permitam alcançar um futuro sustentável

Segundo o superintendente da Serhma, Ailton Rocha, foi publicado o Decreto Nº 40.706, de 29 de outubro de 2020, que instituiu o Fórum Sergipano de Mudanças e Adaptação Climática – FSMAC. “O decreto visa promover a cooperação e o diálogo entre os diferentes setores da sociedade, com vistas ao enfrentamento dos problemas relacionados às mudanças climáticas, à adaptação e às suas consequências socioambientais e econômicas, e desde então, foi elaborado o Programa de Ação Estadual de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca – PAE Sergipe”, explica.

Ao FSMAC compete propor ações e diretrizes para o Plano Estadual para o Enfrentamento das Mudanças Climáticas, em articulação com a Política Nacional de Mudanças Climáticas e com o Plano Nacional de Mudanças Climáticas, e outras políticas públicas; apoiar a obtenção de financiamentos nacionais e internacionais para aplicação em programas e ações relacionados às mudanças climáticas entre outras competências.

Fonte: Governo de Sergipe


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo