Esportes

Capitão Sergio Ramos é excluído da seleção da Espanha para a Eurocopa

Dani Carvajal, colega do zagueiro no Real Madrid, também foi preterido.

Capitão da Espanha, Sergio Ramos foi excluído da seleção que disputará a Euro 2020, disse o técnico Luis Enrique nesta segunda-feira (24).

Escalado 180 vezes, o zagueiro central do Real Madrid foi convocado pela última vez em março, mas atravessa uma temporada assolada de contusões que o limitou a 15 atuações na liga espanhola e só cinco jogos em todas as competições em 2021 – o último deles, uma derrota por 2 a 0 para o Chelsea na partida de volta da semifinal da Liga dos Campeões em 5 de maio.

Aymeric Laporte, do Manchester City, foi incluído depois que a Fifa aprovou sua mudança da França à Espanha no início deste mês.

“Não inclui Ramos porque ele não tem conseguido jogar muito nesta temporada, especialmente desde janeiro ele não está suficientemente em forma, e às vezes nem está treinando com o grupo em seu clube”, explicou Enrique, que convocou 24 jogadores para as 26 vagas disponíveis, em uma coletiva de imprensa. “Não foi fácil, mas liguei para ele a noite passada [domingo] e tivemos uma conversa difícil e dura. Eu me sinto mal, já que ele é um jogador que sempre esteve no nível mais alto e tem futuro com a seleção”. “É uma decisão que tomei pelo bem da seleção e do grupo como um todo”.

Dani Carvajal, colega de time de Ramos, também foi preterido por causa de lesões, o que significa que não há homens do Real no elenco, só três do Barcelona e dois do Atlético de Madri, atual campeão espanhol.

Fonte: Agência Brasil


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo