News

Número de investidores posicionados no Tesouro Direto ultrapassa a marca de 1,5 milhão em abril

Compartilhar

Dado representa um aumento de 23.915 investidores no mês.

Em abril de 2021, o total de investidores ativos no Tesouro Direto – isto é, aqueles que atualmente estão com saldo em aplicações no programa – atingiu a marca de 1.503.720 pessoas, o que representa um aumento de 23.915 investidores no mês. Já o número de investidores cadastrados no programa aumentou em 357.926, o que mostra crescimento de 3,48% em relação a março de 2021, atingindo a marca de 10.643.707 pessoas. Os dados constam do balanço do Tesouro Direto.

Operações de Investimento

No mês de abril de 2021, foram realizadas 373.825 operações de investimento em títulos do Tesouro Direto, no valor total de R$ 2,17 bilhões. Durante aquele mês, os resgates foram de R$ 1,56 bilhão. Dessa forma, houve emissão líquida de R$ 613,36 milhões.

As aplicações de até R$ 1 mil representaram 65,30% das operações de investimento no mês e o valor médio por operação foi de R$ 5.808,28.

Os títulos mais demandados pelos investidores foram os títulos indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais) que somaram, em vendas, R$ 926,46 milhões e corresponderam a 42,67% do total. Os títulos indexados à taxa Selic (Tesouro Selic) totalizaram R$ 792,26 milhões, representando 36,49% das vendas, enquanto os títulos prefixados (Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais) totalizaram R$ 452,56 milhões em vendas, ou 20,84% do total.

Nas recompras (resgates antecipados), predominaram os títulos indexados à taxa Selic, que somaram R$759,53 milhões (49,59%). Os títulos remunerados por índices de preços (Tesouro IPCA+, Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais e Tesouro IGPM+ com Juros Semestrais) totalizaram R$ 503,6 milhões (32,86%), e os prefixados, R$ 268,45 milhões (17,53%).

Quanto ao prazo, a maior parcela de vendas se concentrou nos títulos com vencimento entre cinco e 10 anos, que alcançaram 48,89% do total. As aplicações em títulos com vencimento acima de 10 anos representaram 15,28%, enquanto os títulos com vencimento de um a cinco anos corresponderam a 35,8% do total.

Estoque

No mês de abril deste ano, o estoque do Programa fechou em R$ 63,92 bilhões, o que aponta um aumento de 1,73% em relação ao mês anterior (R$ 62,83 bilhões).

Os títulos remunerados por índices de preços se mantêm como os mais representativos do estoque, somando R$ 34,61 bilhões, ou 54,15% do total. Na sequência, vêm os títulos indexados à taxa Selic, totalizando R$ 16,4 bilhões (25,66%), e os títulos prefixados, que somaram R$ 12,9 bilhões, com 20,18% do total.

Quanto ao perfil de vencimento dos títulos em estoque, a parcela com vencimento em até um ano fechou o mês em R$ 882,49 milhões, ou 1,38% do total. A parcela do estoque vincendo de um a cinco anos foi de R$ 26,06 bilhões (57,85%) e o percentual acima de cinco anos somou R$ 24,88 bilhões (40,77%).

Acesse o balanço completo do Tesouro Direto.

Fonte: Ministério da Economia


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Joabson João

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »