Esportes

Libertadores: Cheio de reservas, São Paulo vence no Morumbi e avança em segundo

Com a classificação garantida desde a rodada passada, o São Paulo entrou em campo nesta terça-feira (25) para fechar a sua participação na fase de grupos da Copa Libertadores. Com um time recheado de reservas já que os titulares ganharam folga após o título do Paulistão Sicredi, o time tricolor não teve problemas para vencer o Sporting Cristal-PER, pelo placar de 3 a 0. Bruno Alves, Joao Rojas e Vitor Bueno marcaram os gols do duelo.

Com o resultado, o São Paulo terminou a primeira fase na segunda posição do Grupo E, com 11 pontos. Em seis jogos foram três vitórias, dois empates e uma derrota. Agora, aguarda o fim da sexta e última rodada para conhecer o seu adversário nas oitavas de final, que será definido por sorteio. O rival terminou em terceiro, com quatro e irá disputar a Sul-Americana. O Racing-ARG terminou na liderança da chave com 14.

Ainda de ressaca após o título do Paulistão, o São Paulo entrou com um formação inteira reserva e apresentou um ritmo bem mais lento nos minutos iniciais. Porém, teve gente querendo mostrar serviço. Aos 16 minutos, Joao Rojas recebeu na entrada da área, limpou o zagueiro e chutou de perna direita, mas a bola acabou explodindo na trave, antes de sair pela linha de fundo.

Já na segunda boa tentativa, o São Paulo conseguiu abrir o placar. Aos 24 minutos, Hernanes cobrou escanteio na área e Bruno Alves conseguiu subir mais alto que os zagueiros, para testar firme no cantinho, sem chances para o goleiro do Sporting Cristal. Nos minutos finais, a partida seguiu movimentada, mas o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória magra do time paulista.

Na volta do intervalo, apesar da vantagem no placar, o São Paulo seguiu em cima e depois de algumas tentativas, ampliou o placar aos 22 minutos. Joao Rojas aproveitou um lançamento longo, puxou o contra-ataque, foi avançando e na entrada da área, esperou a saída do goleiro para mandar a bola colocada no ângulo de Alejandro Duarte. 

Minutos depois, aos 24, foi a vez de Vitor Bueno deixar a sua marca. Galeno foi avançando desde o meio-campo e com um passe açucarado, deixou Vitor Bueno livre de marcação na entrada da área. Com espaço, o atacante dominou e bateu com calma no cantinho, fazendo 3 a 0 para o São Paulo. A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco, mas o time de Morumbi conseguiu segurar a vitória por 3 a 0.

Fonte: Federação Paulista de Futebol


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo