News

Otimismo pode aumentar a expectativa de vida

Compartilhar

Pesquisadores da Universidade Hebraica acompanharam 1.200 residentes de Jerusalém por 30 anos, medindo sua visão positiva da vida.

Pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém dizem que permanecer otimista e olhar positivamente para a existência pode ter um efeito sobre a expectativa de vida em um novo estudo que está sendo feito a longo prazo.

O estudo, que foi conduzido pelo professor Jeremy Jacobs e pelo Dr. Yoram Maaravi, acompanhou cerca de 1.200 idosos residentes em Jerusalém, nascidos em 1920 e 1921. Os pesquisadores analisaram sua saúde, habilidades físicas e bem-estar econômico, suas habilidades sociais, seu nível de ansiedade, sua integridade e seu otimismo por mais de 30 anos.

O otimismo foi medido por meio de perguntas sobre as experiências positivas dos participantes e suas expectativas para o futuro, observou o estudo.

“Nossas descobertas indicam que o otimismo tem um impacto na sobrevivência, enquanto outros estudos mostraram que melhora as funções relacionadas à saúde – como o sistema imunológico – o que reduz os fatores de risco para hipertensão. Ou um problema cardíaco e talvez até câncer”, disse Maaravi .

Os pesquisadores afirmam que estudaram os prontuários e, posteriormente, as certidões de óbito dos participantes, e se concentraram em parâmetros como gênero, situação econômica, estado civil e parental, nível de escolaridade e atividades físicas e sociais.

Eles também tiveram entrevistas individuais com os participantes ao longo dos anos.

Usando dados coletados desde a década de 1990, os pesquisadores indicaram que encontraram uma ligação direta entre uma atitude positiva em relação à existência e uma vida mais longa.

Eles explicaram que os participantes, com idades entre 85 e 90 anos, com uma pontuação de otimismo alto tiveram uma melhor taxa de sobrevivência – até 20% – em comparação com aqueles que eram mais pessimistas. Na categoria de 90 e mais anos, esse percentual sobe para 25%.

“Não devemos ver o otimismo como uma característica com a qual nascemos, mas uma característica que podemos desenvolver”, comenta Maaravi, acrescentando: “É importante pensar em maneiras de melhorar o otimismo porque está mais claro do que nunca que pode ajudar as pessoas em todas as fases da vida ”.

Fonte: https://www.israelnationalnews.com


Ver também:


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio!

Gratuitamente, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo