Esportes

Seidl apela à McLaren para manter “forte impulso operacional” para a rodada tripla

A primeira rodada tripla da temporada apresentará as equipes de todos os lados do grid com um complexo – e potencialmente estressante – conjunto de desafios logísticos, com peças sobressalentes especialmente valiosas. E o chefe da equipe da McLaren, Andreas Seidl, convocou seu time para estar no topo operacionalmente, enquanto a F1 se prepara para três semanas de corridas consecutivas.

A McLaren teve um início forte em 2021, conquistando dois pódios e ficando em quarto lugar na classificação de construtores, dois pontos atrás da Ferrari, depois que a Scuderia conquistou o terceiro lugar no campeonato após o Grande Prêmio do Azerbaijão. Mas com a McLaren se aproximando de uma rodada tripla crucial, Seidl disse que a equipe precisava estar o mais rápido possível fora da pista para aproveitar ao máximo os Grandes Prêmios da França, Estíria e Áustria.

“Depois dos circuitos de rua em Mônaco e Baku, nossa atenção agora se volta para o primeiro triplo cabeçalho da temporada com a primeira corrida na França”, disse Seidl. “Como equipe, sabemos o que esperar das demandas de uma rodada tripla e estamos bem preparados para a tarefa que temos pela frente”.

“Manter um forte impulso operacional, com nossa confiabilidade e gerenciamento de peças de reposição, é uma prioridade para superar os desafios únicos que as corridas consecutivas apresentam”.

1317115868
A equipe McLaren de Seidl está em uma batalha acirrada com a Ferrari

Apesar da McLaren ter perdido terreno na luta dos construtores para a Ferrari da última vez, Seidl chamou o resultado de Baku de “limitação de danos” para a McLaren, já que a Ferrari superou a equipe por apenas quatro pontos no Grande Prêmio do Azerbaijão, apesar de começar com um carro em pole e em quinto (enquanto Lando Norris e Daniel Ricciardo alinharam P9 e P13 no grid).

Mas antes do Grande Prêmio da França, Seidl reiterou que queria ver a McLaren tendo um melhor desempenho aos sábados para ajudar nos domingos.

“Depois de analisar e entender os dados de Baku, está claro que ainda precisamos continuar a dar passos à frente como uma equipe e extrair o máximo de nosso pacote enquanto competimos em uma batalha muito acirrada com nossos concorrentes,” disse Seidl.

“O Circuito de Paul Ricard é um estilo de pista diferente em comparação com as corridas anteriores e por isso é difícil compreender a hierarquia antes do fim-de-semana. A nossa prioridade daqui para a frente é qualificarmo-nos bem para nos colocarmos na melhor posição possível para marcarmos mais pontos aos domingos. Continuamos focados e determinados a lutar mais uma vez por bons pontos neste fim de semana”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo