News

Produção de petróleo nos contratos de partilha cai 6% em abril

Compartilhar

Produção diária foi de 55 mil barris.

A produção de petróleo nos contratos de partilha registrou em abril média diária de 55 mil barris. Dos três contratos, a Área de Desenvolvimento de Mero foi responsável por 40 mil barris por dia, seguida de Entorno de Sapinhoá (10 mil) e Tartaruga Verde Sudoeste (6 mil). A média diária foi 6% menor em comparação ao mês anterior, devido à parada programada de Mero para teste de integridade.

As informações constam do Boletim Mensal dos Contratos de Partilha de Produção, divulgado nesta quarta-feira (16) pela Pré-Sal Petróleo (PPSA), gestora dos contratos em nome da União. Desde 2017, quando teve início a série histórica, a produção acumulada em regime de partilha alcança 53,9 milhões de barris de petróleo.

De acordo com o boletim, a média diária do total do excedente em óleo da União nos três contratos de partilha foi de 12,8 mil barris de petróleo em abril, um aumento de 4% em relação a março, sendo 6 mil barris na Área de Desenvolvimento de Mero e 6,7 mil barris no Entorno de Sapinhoá. Em Tartaruga Verde Sudoeste, o excedente em óleo da União continua sendo destinado à quitação do Acerto de Contas com o operador oriundo do Acordo de Individualização da Produção (AIP). A parcela acumulada do excedente em óleo da União desde 2017 é de 9 milhões de barris de petróleo.

Gás Natural

A produção de gás natural para venda somou 302 mil metros cúbicos (m³) em média, por dia, referente aos dois contratos com aproveitamento comercial, sendo 261 mil m³ por dia no Entorno de Sapinhoá e 41 mil m³ por dia em Tartaruga Verde Sudoeste. A média diária do total do excedente em gás natural foi de 172 mil m³/dia.

Desde 2017, a produção acumulada de gás natural com aproveitamento comercial soma 235 milhões de metros cúbicos. O excedente em gás natural acumulado da União desde 2017 atinge 70 milhões de m³.

Operação

A PPSA informou que, atualmente, dos 17 contratos que atuam em regime de partilha de produção, somente a Área de Desenvolvimento de Mero (Libra), Entorno de Sapinhoá e Tartaruga Verde Sudoeste estão em produção, operando quatro unidades flutuantes de produção, armazenamento e transferência (FPSOS, do nome em inglês) e 18 poços.

Fonte: Agência Brasil


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Joabson João

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo