Esportes

DTM: Kelvin Van Der Linde brilha em Monza

Compartilhar

Pole position e vitória em seu aniversário: Kelvin van der Linde coroou seu 25º aniversário com sua primeira vitória no DTM na corrida de domingo em Monza. Pela manhã, o sul-africano já havia comemorado sua primeira pole position na longa série com o Audi da ABT Sportsline. Com o vice-campeão da DTM, Nico Müller (SUI / Team Rosberg) em segundo lugar, foi até 1-2 para a Audi. Terceiro classificado, Lucas Auer (AUT / Mercedes-AMG / Team WINWARD) subiu ao pódio três marcas. Na corrida de abertura da temporada no sábado, a Ferrari garantiu sua primeira vitória em sua estreia no DTM Júnior do Red Bull, Liam Lawson (NZL / AF Corse).

“ Este é um momento de orgulho para mim ”, disse Kelvin van der Linde, um animado novato do DTM. “ Há muito tempo venho trabalhando muito para entrar no DTM. Agora, tanto meu irmão Sheldon quanto eu conquistamos vitórias no DTM. Certamente, nossos pais estão nas nuvens . ” Seu irmão Sheldon, três anos mais jovem, chegou ao DTM com a BMW em 2019 e conquistou sua primeira vitória no ano passado. Nico Müller também estava visivelmente feliz, mostrando junto com o terceiro colocado Lucas Auer que as experientes estrelas do DTM também são capazes de acompanhar os especialistas de GT. “Este é um bom começo de nova temporada para nós”, disse Müller. “ Tive algumas lutas duras e já estou ansioso pelos próximos duelos. Essa foi uma abertura muito boa para a temporada do DTM . ”

O DTM, executado com carros de corrida GT pela primeira vez este ano, realizou duas corridas divertidas com excelente automobilismo e uma riqueza de lutas de posição fascinantes na pista de alta velocidade em Monza, onde ultrapassar é tradicionalmente difícil. O melhor exemplo veio do ex-campeão do DTM Mike Rockenfeller (GER) com o Audi ABT e o único belga Esteban Muth de 19 anos com o T3 Lamborghini. Ao longo de muitas voltas, o novato e o robusto lutaram, dirigindo lado a lado nas curvas em alta velocidade enquanto lutavam pelo oitavo lugar. Por várias voltas, ‘Rocky’ estava passando por momentos difíceis. Ele só passou por Muth com uma manobra espetacular do lado de fora na penúltima volta.

Qualificação apertada: cinco marcas entre os seis primeiros lugares

O quão perto está no DTM já ficou claro pela batalha aberta pela pole position na qualificação na manhã de domingo. Eventualmente, cinco marcas foram representadas entre as seis primeiras posições: Audi, Ferrari, BMW, Lamborghini e Mercedes-AMG. Foi Kelvin van der Linde quem conquistou a pole position. Quase, os dois irmãos sul-africanos Kelvin e Sheldon haviam até bloqueado a primeira linha do grid, mas nas etapas finais, o vencedor da corrida de sábado, Liam Lawson, conseguiu separar o irmão em dupla com a Red Bull Ferrari.

Correndo três lado a lado: batalha de tirar o fôlego pelo segundo lugar

Como no sábado, a corrida começou no domingo em dupla fileira, a chamada largada no estilo Indy, foi uma corrida de tirar o fôlego e mais uma vez com um alto nível de disciplina e sem incidentes. Kelvin van der Linde manteve-se na frente com o seu Audi e já conseguiu arrancar alguns metros ao sair da primeira chicane. Nico Müller montou seu primeiro desafio contra Lawson indo para a segunda volta e passou pelo piloto da Ferrari na chicane. A batalha pelo segundo lugar continuou emocionante, pois quatro carros, correndo três lado a lado às vezes, estavam muito próximos: Müller com a Audi, Lawson com a Ferrari, Sheldon van der Linde com a BMW e Esteban Muth com a Lamborghini. Eventualmente, Sheldon van der Linde de 22 anos saiu por cima nesta batalha de quatro vias e no final da segunda volta, os dois irmãos sul-africanos correram em primeiro e segundo lugar. As batalhas por posições atrás dos dois irmãos continuaram: Muth e Lawson passaram por uma chicane lado a lado, Lawson saiu em segundo lugar, girou e caiu para o fundo do campo.

O campo já se confundiu após cinco voltas, com nada menos que sete carros entrando nas boxes para a troca obrigatória de pneus. Enquanto Sheldon van der Linde e Muth perdiam tempo no processo, Lucas Auer recuperou três posições graças à sua táctica e a um novo jogo de pneus Michelin e subiu para o terceiro lugar. A última a receber pneus novos foi Sophia Flörsch no final da volta onze. Nesta décima primeira volta, a jovem de 20 anos de Munique até acumulou suas primeiras milhas na liderança de uma corrida DTM. Eventualmente, ela virou a mesa e manteve sua colega britânica Esmee Hawkey no T3 Lamborghini na baía no domingo.

Kelvin van der Linde, entretanto, estava seguro no controle como líder da corrida e passou a receber a bandeira quadriculada com uma margem de quatro segundos, seguido por Nico Müller e Lucas Auer. Sheldon van der Linde alcançou o melhor resultado para a BMW até o momento em quarto lugar, enquanto Muth marcou os primeiros pontos para a Lamborghini ao terminar em oitavo.

Após o sucesso da abertura da temporada em Monza, na Itália, o segundo fim de semana de corrida DTM foi agendado de 23 a 25 de julho em DEKRA Lausitzring, localizado entre Berlim e Dresden, como de costume com uma corrida cada no sábado e no domingo.

Fonte: DTM


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »