Esportes

Coritiba supera o Guarani fora de casa e se mantém no G-4 da Série B

Compartilhar

Coxa bateu o Bugre por 2 a 0 no Brinco de Ouro. Nos outros jogos das 19h, Operário e Confiança ficaram no 0 a 0 enquanto Brasil-RS e Ponte Preta empataram em 1 a 1.

Três jogos deram sequência à sétima rodada da Série B, no horário das 19h desta sexta-feira (25). Jogando fora de casa, o Coritiba bateu o Guarani por 2 a 0 chegando a sua terceira vitória consecutiva na competição. Nos outros dois confrontos, dois empates. No Germano Krüger, Operário-PR e Confiança não saíram do 0 a 0. Enquanto, no Bento Freitas, Brasil-RS e Ponte Preta ficaram no 1 a 1. Confira os detalhes das partidas:

Guarani 0 x 2 Coritiba

As equipes protagonizaram um primeiro tempo bem disputado no Brinco de Ouro. Mesmo jogando fora de casa, o Coritiba largou na frente, aos 20 minutos, depois que Luciano Castán aproveitou cruzamento na medida de Robinho para estufar as redes: 1 a 0. Tentando uma resposta rápida, o Bugre teve chances com Júlio César, aos 22, e Eliel, aos 27. A primeira tentativa parou no goleiro Wilson e a segunda foi para fora. Já na marca dos 32, os visitantes voltaram a levar perigo pelo alto, mas dessa vez Waguininho cabeceou sem força e Gabriel Mesquita fez a defesa. 

O duelo voltou em ritmo acelerado para o segundo tempo, com uma chance para cada lado, logo no primeiro minuto. Léo Gamalho assustou para o Coxa enquanto Davó arriscou para o time da casa. Querendo o empate, o Guarani chegou de novo com Eliel, aos 11, e em finalização de Allanzinho, aos 18, mas Wilson apareceu bem nas duas oportunidades para evitar o gol. Na sequência, Waguininho arriscou mais uma para os visitantes, mas errou o alvo. Até que, aos 34, Igor Paixão puxou o contra-ataque, deixou para Val, que achou Léo Gamalho livre dentro da área para ampliar a contagem do Coxa no Brinco de Ouro: 2 a 0. 

Com a terceira vitória consecutiva na competição, o Coritiba soma agora 13 pontos e aparece momentaneamente na vice-liderança. Já o Guarani é o oitavo colocado, com nove pontos. 


Operário-PR 0 x 0 Confiança

Mandante da partida, o Operário teve o controle da posse de bola, mas não conseguiu transformar o domínio em bola na rede. Aos 23, Djalma arriscou de fora da área, mas mandou para fora. Cinco minutos depois, Felipe Garcia teve a melhor oportunidade do Fantasma, o camisa 11 recebeu de frente para a meta adversária, buscou o canto e viu a bola passar tirando tinta da trave. Do outro lado, o Confiança chegou com maior perigo uma única vez em arremate de Luidy, aos 31 minutos. 

Depois do intervalo, o duelo ganhou em intensidade. Antes dos dez minutos, uma chance para cada lado: Rafael Chorão chegou para o Operário enquanto João Paulo assustou para o Dragão. Na sequência, o time da casa teve duas chances para abrir a contagem com Felipe Garcia, que parou nas mãos de Rafael Santos. Do outro lado, o Gustavo Ramos, aos 24, respondeu para os visitantes para boa defesa de Thiago Braga. Buscando o primeiro gol, as equipes mantiveram o ritmo. Ricardo Bueno, aos 30, tentou para o Fantasma. E, aos 31, novamente Gustavo Ramos levou perigo para o Confiança. Mas o 0 a 0 permaneceu no marcador até o apito final.

A igualdade deixa o Operário com 12 pontos e na terceira posição. Enquanto o Confiança tem oito pontos e ocupa a décima colocação. 

Brasil-RS 1 x 1 Ponte Preta

O Brasil se manteve no ataque durante boa parte dos 45 minutos, mas teve dificuldades para furar a boa marcação adversária. A melhor oportunidade do time da casa saiu já na marca dos 40 minutos, quando Lucas Santos encontrou Fabrício dentro da área, o camisa 16 dominou e chutou, mas viu Ygor evitar o gol. Dois minutos depois, a Ponte respondeu com Camilo, que bateu rente à meta adversária. 

Na volta do intervalo, o jogo só foi engrenar na segunda metade da etapa complementar. Aos 29 minutos, Lucas Santos cobrou escanteio, Rômulo fez o desvio e Fabrício dessa vez não perdoou e abriu o placar para o Xavante: 1 a 0. Mas a alegria dos mandantes durou até os 33, quando Rodrigão achou Dawhan na boa para deixar tudo igual no Bento Freitas. 

Com o resultado, o Brasil-RS chegou aos seis pontos e aparece na 15ª colocação. Já a Ponte Preta segue na lanterna da competição, com três pontos. 

Fonte: CBF


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »