News

Bahia: Temporada de cruzeiros marítimos é promissora na retomada das atividades

A retomada do turismo traz uma perspectiva promissora para a temporada 2021/2022 de cruzeiros marítimos na Bahia. O quadro apresentado ao secretário estadual do Turismo, Maurício Bacelar, por representantes da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil), em encontro virtual realizado nesta semana, é positivo, tendo em vista um cenário ainda de pandemia.

A programação, que ainda depende da aprovação dos protocolos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), prevê sete navios desembarcando e embarcando no porto de Salvador e quatro no de Ilhéus, entre os dias 31 de outubro deste ano e 19 de abril de 2022. No total, as embarcações farão 80 escalas em Salvador (dados da Companhia das Docas do Estado da Bahia – Codeba) e 29 em Ilhéus. “O avanço da vacinação nos deixa otimistas para a temporada”, justificou o presidente da Clia Brasil, Marcos Ferraz.

Em Ilhéus, a programação depende também de ajustes de operação e logística a serem realizados no porto. “Estamos à disposição para intermediar as negociações com autoridades e representações locais para resolver questões como a dragagem em Ilhéus, permitindo que a temporada de cruzeiros na Bahia seja um sucesso. Embora medidas protocolares devam ser observadas para a segurança de todos, vale lembrar que o planejamento também deve considerar o quadro da pandemia na temporada”, disse Maurício Bacelar.

Protocolo

Segundo Marcos Ferraz, todos os cuidados estão sendo tomados para oferecer aos passageiros o máximo de segurança nos navios, incluindo higienização das cabines e troca de filtros do ar-condicionado. Haverá, de acordo com o presidente da Clia Brasil, uma boa estrutura médica para monitorar possíveis casos de contaminação pela Covid-19 e uma cabine especial para isolar e atender pessoas infectadas. Além disso, o serviço médico estará em comunicação com unidades hospitalares dos municípios.

A testagem para detecção do vírus será realizada em 100% dos hóspedes e tripulantes e estes últimos já estão sendo vacinados. Os cuidados com uso de máscara e álcool em gel e com o distanciamento também serão observados. “Estamos definindo um cronograma para que nos próximos meses possamos ter a aprovação da temporada, confiantes de que os procedimentos de segurança preparados possam atender aos mais altos graus de exigência”, disse Ferraz.

Os navios que poderão circular pelos mares da Bahia na temporada 2021/2022 são o Costa Smeralda, MSC Preziosa, Costa Fascinosa, MSC Orchestra, MSC Seaside e MSC Sinfonia, MSC Splendida e Costa Luminosa, entre outros.

“Os cruzeiros marítimos são de grande importância para o turismo baiano, pois permitem que milhares de passageiros circulem pelas cidades, fazendo compras, consumindo em bares e restaurantes, movimentando assim a economia”, avalia Bacelar. Além disso, lembra o secretário, 87% dos cruzeiristas que visitam a Bahia querem voltar em outras temporadas.

Salvador está, ao lado do Rio de Janeiro e de Santos, entre os três principais destinos dos navios de cruzeiro em todo o Brasil. “Salvador é o ponto alto dos nossos roteiros, tem um apelo muito grande, inclusive um apelo comercial, de vendas”, disse Márcia Leite, diretora de operações da MSC. Segundo dados da Clia Brasil, a temporada 2019/2020 de cruzeiros injetou R$ 2,24 bilhões na economia brasileira, com crescimento de 7,6%.

Novos destinos

Quatro novos destinos para navios de cruzeiro estão em estudo na Bahia para serem incorporados ao roteiro no futuro: Itaparica, Porto Seguro, Morro de São Paulo e Barra Grande. A efetivação depende principalmente de questões de infraestrutura, como píer apropriado, mas a perspectiva, segundo Marcos Ferraz, é que as negociações avancem com a Capitania dos Portos.

Fonte: Ascom/Setur


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo