News

Bombeiros militares do Acre concluem curso de perícia de incêndio no Distrito Federal

Entre as inúmeras funções do Corpo de Bombeiros Militar está a investigação de incêndios urbanos e florestais, cujo objetivo é elucidar como o fogo teve início e os fatores de propagação. Diante disso, o governo do Estado investiu na capacitação de três bombeiros militares que concluíram, na última sexta-feira, 25, o Curso de Perícia de Incêndio (CPI), realizado junto ao Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, em Brasília.

Novos Peritos de Incêndio: tenentes Ricardo Moura, Francisca Fragoso e Eurico Leite. Foto: ASCOM/CBMAC

O curso visa garantir os padrões de qualidade e execução do serviço de investigação de incêndio, buscando a excelência no atendimento às legislações e demandas aplicáveis, além de retroalimentar o Sistema de Segurança Contra Incêndio e o ciclo operacional do Corpo de Bombeiros Militar.

A capacitação teve duração de aproximadamente quatro meses, e contou com a participação de 25 alunos oriundos dos corpos de bombeiros militares do Distrito Federal, Paraíba, Maranhão, Rio Grande do Norte, Acre e um militar da Força Aérea Brasileira.

A perícia de incêndio investiga as causas e fatores de propagação das chamas. Foto: ASCOM/CBMAC

Os três militares acreanos, os tenentes Francisca Fragoso, Eurico Leite e Ricardo Moura, especializaram-se em investigação de incêndio e explosão, e estão habilitados para o desempenho de atividades inerentes às missões de perito em incêndio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC).

A segunda tenente bombeira militar Francisca Fragoso, terceira colocada na classificação geral do curso e primeira oficial feminina perita de incêndio da corporação, destaca sua experiência na capacitação. “Participar do curso foi de grande relevância para nós, como profissionais, e principalmente para o CBMAC, pois a partir da habilitação e dos conhecimentos adquiridos contribuiremos para completar o ciclo operacional de combate a incêndio da nossa instituição, fortalecendo as atividades de prevenção e a atuação dos militares do CBMAC, consequentemente poderemos ofertar um melhor atendimento à sociedade acreana”, declarou.

Tenente Francisca Fragoso conquistou o terceiro lugar no curso e é a primeira oficial feminina perita de incêndio do CBMAC. Foto: ASCOM/CBMAC

O comandante-geral do CBMAC, coronel Carlos Batista, destacou a importância da capacitação de militares na área de investigação de incêndios: “A perícia de incêndio, além de investigar as causas do evento, tem a finalidade de promover informações e recomendações de proteção contra incêndio, originando estudos de caso, a fim de evitar que situações similares aconteçam, fortalecendo ainda mais a atuação da nossa corporação”.

Fonte: Agência Acre


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo