Esportes

Corinthians e São Paulo empatam em clássico pelo Brasileirão

Juventude supera o Grêmio e amplia sequência invicta.

Tudo igual na noite fria em São Paulo (SP). Nesta quarta-feira (30), Corinthians São Paulo empataram em 0 a 0, na Neo Química Arena, pela oitava rodada do Brasileirão Assaí 2021. Com o resultado, o Timão fica na décima colocação, com dez pontos. O Tricolor do Morumbi, que ainda não venceu no Brasileirão, abre a zona de rebaixamento, na 17ª posição, com cinco pontos.

O jogo

Na Neo Química Arena, o equilíbrio marcou o primeiro tempo. Os mandantes chegaram com perigo aos 14 minutos. Gil aproveitou cruzamento de Fágner e carimbou a trave. Na sobra, Matheus Vital chutou cruzado e Tiago Volpi defendeu. O Tricolor respondeu aos 29 minutos. Eder recebeu cruzamento de Igor Vinicius e finalizou por cima do gol. Nos acréscimos, aos 47, Fábio Santos cobrou falta colocada por cima do gol.

No segundo tempo, o jogo seguiu truncado. Aos dois minutos, Daniel Alves cobrou falta na área e o zagueiro Miranda cabeceou para fora. O Timão respondeu aos 11 minutos, com Fágner. O lateral chutou de longe e Volpi defendeu. Aos 19, Liziero tentou abrir o placar para o Tricolor de bicicleta, mas Cássio fez a defesa.

Buscando mais o ataque no segundo tempo, o São Paulo quase marcou aos 28 minutos. Nestor chutou de fora da área e Cássio espalmou. No rebote, Rigoni bateu de primeira e o goleiro alvinegro defendeu novamente. No fim do jogo, aos 40 minutos, o Alvinegro chegou com Vitinho, que chutou de primeira por cima do gol. O Tricolor ainda tentou com Reinaldo aos 45 minutos. O lateral pegou rebote na área e chutou para fora.

Paulinho Bóia e Matheus Peixoto marcaram os gols de mais um triunfo do Juventude na Série A

Juventude fez o dever de casa na noite desta quarta-feira (30) e, no Alfredo Jaconi, venceu o Grêmio por 2 a 0, pela oitava rodada do Brasileirão Assaí. Com o resultado, o Ju chegou a quatro jogos de invencibilidade na competição, a equipe de Caxias do Sul soma agora 12 pontos e aparece na sexta posição. Já o Tricolor é o lanterna da Série A, com dois pontos. 

O jogo

O Grêmio foi melhor nos primeiros dez minutos de jogo e chegou a assustar em duas finalizações de Douglas Costa. Do outro lado, o Juventude tinha menos posse de bola, mas criava as melhores oportunidades. Matheus Peixoto, aos 13, parou em boa defesa de Gabriel Chapecó. Na sequência, o time casa teve mais duas chances. Na primeira, aos 20, Wescley também esbarrou no arqueiro adversário. E, aos 21, Vitor Mendes aproveitou cruzamento na área e desviou rente à meta tricolor.

Até que aos 27, Paulinho Bóia aproveitou uma sobra no ataque e soltou o pé para colocar o Ju em vantagem: 1 a 0. No embalo do gol, os mandantes quase marcaram mais um com Guilherme Castilho, que viu a bola passar tirando tinta da trave. Correndo atrás do prejuízo, o Imortal tentou uma pressão nos minutos finais, mas não conseguiu levar o empate para o intervalo. 

Depois das conversas nos vestiários, o jogo voltou agitado para a etapa final. Nos primeiros 15 minutos, as duas equipes tiveram boas chances. Enquanto Matheus Henrique tentou para o Tricolor em duas oportunidades, Paulinho Bóia e Matheus Peixoto responderam para o Juventude.

Aos poucos o Grêmio retomou o controle das ações, mas encontrou dificuldades para criar no ataque. Já o time da casa se postou bem na defesa e ainda levou perigo nos arremates de Chico e Marcos Vinicios. Mas foi com Matheus Peixoto que o Ju chegou ao segundo. Aos 37 minutos, o atacante aproveitou um vacilo dos adversários e não perdoou: 2 a 0.

Fonte: CBF


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo