News

Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus deflagram operação contra furto e receptação de fios de cobre

Compartilhar

Ação planejada há semanas apura suspeitas de comércio irregular.

Envolvendo efetivos dos órgãos de Segurança Pública e agentes de fiscalização de diversos órgãos municipais, o Governo do Amazonas e a Prefeitura de Manaus deflagraram, nas primeiras horas desta quarta-feira (30/06), a operação integrada “Hefesto”. O objetivo é apurar suspeitas de comércio irregular de materiais como fios de cobres e tampas de bueiros e de redes de telefonia.

Entre os alvos de fiscalização estão empresas do segmento de metalurgia e sucatas de Manaus. O trabalho está ocorrendo de forma simultânea nos bairros da capital amazonense a partir do mapeamento de estabelecimentos que vendem ou revendem materiais desse tipo.

A operação vem sendo planejada há três semanas e visa coibir os furtos e, sobretudo, o mercado de receptação desse material.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, a operação tem como objetivo resguardar o direito do cidadão de receber um serviço de qualidade.

“As empresas de luz, telefonia e água têm sofrido constantemente com esses serviços sendo furtados. Por isso, o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus estão juntos trabalhando para dar esse retorno à comunidade. Essa operação vai se prolongar enquanto for necessário. A partir de agora, quem for pego furtando, principalmente os receptadores, serão penalizados”, enfatizou Bonates.

Integração – A operação “Hefesto” é uma ação integrada envolvendo a Secretaria Segurança Pública (SSP-AM), a Casa Militar da Prefeitura de Manaus, Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e Ageman, além de operadoras de telefonia da capital.

 O Coordenador do Gabinete do prefeito, Sérgio Fontes, ressalta que além das fiscalizações policiais, será feito uma fiscalização através dos órgãos da prefeitura para autuar o receptador.

“Que essas atividades irregulares de ferro velho sejam autuadas administrativamente. Porque cada fio furtado gera problemas. Falta água, falta luz, uma tampa de bueiro aberto pode causar um acidente mortal. Nós precisamos combater o receptor. Vamos manter a operação até que os empresários entendam que comprar produto furtado é crime”, disse.

As equipes integradas entre policiais e agentes de fiscalização em campo fazendo o levantamento dos alvos mapeados ao longo do dia, em toda a capital do Amazonas. São mais de 300 locais previamente levantados.

Hefesto – Nova operação integrada na área de segurança pública entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus, a Operação Hefesto pretende coibir casos de furtos de fios de cobre e de tampas de bueiros, especialmente de empresas de telefonia.

O nome foi escolhido em referência ao deus que, na mitologia grega, representava o fogo, os metais e a metalurgia.

A expectativa é inibir os crimes desta natureza. De janeiro até abril, foram registradas 451 ocorrências de furtos de fios de cobre, segundo dados da SSP-AM.

Pelo menos 43 infratores envolvidos com o delito já foram presos, conforme números preliminares da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD).

Fonte: Governo do Amazonas


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Translate »