Esportes

Ricciardo diz que a McLaren tem “trabalho a fazer” para lutar contra a Ferrari em Silverstone

Daniel Ricciardo pode ter terminado em um sólido sexto lugar na estreia de F1 Sprint em Silverstone, mas diz que a McLaren tem muito a fazer se quiser chegar na Ferrari no Grande Prêmio da Inglaterra de domingo.

Ricciardo se classificou em sétimo na sexta-feira, apenas 0,002s atrás do companheiro de equipe Norris, e ganhou uma posição na Sprint quando Sergio Perez, da Red Bull, girou em alta velocidade. Mas com Charles Leclerc terminando em quarto pela Ferrari e Carlos Sainz lutando de volta no campo após contato da primeira volta com George Russell, Ricciardo disse que sua equipe estava tentando alcançar a Scuderia em Silverstone, em sua batalha pelo P3 no campeonato de construtores.

“Pelo que entendi, acho que Charles [Leclerc] foi um pouco mais rápido e vi que Carlos se atrapalhou e saiu do campo, então eu diria que ainda temos um pouco de trabalho a fazer, se quisermos entrar na luta com a Ferrari”, disse Ricciardo.

“Mas acho que fomos decentes em relação aos outros e começamos em sétimo hoje, começamos em sexto amanhã, então é uma pequena vitória e sim, vou tentar chegar aos cinco primeiros amanhã. Aparentemente, não consegui nenhum este ano, os cinco primeiros, por isso acho que o sexto é o meu melhor resultado. Isso é meio triste. Vou tentar quebrar os cinco primeiros”.

Quanto a Norris, o britânico terminou em quinto na frente de sua torcida no Sprint, mas quase 13 segundos atrás de Leclerc. Isso foi depois que ele se viu atrás de Fernando Alonso, da Alpine, o bicampeão que teve um início impressionante ao saltar de P11 para P5 na primeira volta, com Norris voltando à frente na quinta volta.

“Não sei o que aconteceu com ele [Alonso] para ser sincero, mas ele simplesmente desapareceu de repente, o que foi bom para mim. Então, sim, fiquei muito feliz com isso”, disse Norris de Alonso. “Sabíamos que tínhamos um ritmo melhor do que o Fernando. Ele também fez um bom trabalho, mas eu sabia que seria capaz de trazê-lo de volta e no segundo tempo estive um pouco sozinho”.

“Frustrante que estávamos tão distantes do ritmo em comparação com as outras três equipes – Ferrari, Mercedes e Red Bull – mas ainda vencemos uma Ferrari, ainda vencemos uma Red Bull, então fizemos o melhor que podíamos e vencemos carros que foram mais rápidos do que nós hoje, por isso estou feliz com isso”, acrescentou.

A McLaren está 19 pontos à frente da Ferrari antes do Grande Prêmio da Inglaterra, mas com Leclerc começando em quarto lugar e Sainz em 11º no domingo, a equipe de Woking conseguirá manter essa vantagem?

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo