Esportes

Gasly determinado a terminar a primeira metade de 2021 em alta na Hungria

Depois de uma série de corridas frustrantes, incluindo o Grande Prêmio da Inglaterra, que ele descreveu como seu “pior fim de semana da temporada”, Pierre Gasly está determinado a acertar as coisas na corrida deste fim de semana na Hungria para garantir que termine a primeira metade de 2021 em alta.

Depois de se qualificar em um excelente sexto lugar para o Grande Prêmio da Estíria, Gasly retirou-se na primeira volta depois que o contato com Charles Leclerc deixou seu AlphaTauri com um furo e danos na suspensão. Ele terminou em nono na corrida seguinte, o GP da Áustria, antes de voltar para casa fora dos pontos em Silverstone depois de sofrer outro furo. É uma corrida que o viu somar apenas dois pontos em três corridas – e o deixou se sentindo “farto”.

“A última corrida em Silverstone foi frustrante porque perdemos alguns pontos por causa do furo no final, acho que até o oitavo lugar poderia ter sido possível”, disse ele. “Alguém jogou um pouco de cascalho na pista e cortou meu pneu”.

“Então, honestamente, eu estava um pouco farto de como as coisas aconteciam nas últimas corridas. Na Áustria, houve a colisão com Charles, que me custou alguns pontos, e depois aquele furo. No geral, eu diria que Silverstone foi o meu pior fim de semana da temporada, especialmente porque parecia que poderíamos ter salvado entre dois e quatro pontos, por isso foi chato não podermos ganhá-los”.

“Mas às vezes é assim e agora definitivamente temos coisas para revisar. Tivemos que lidar com mais complicações do que esperávamos e o novo formato não nos permitiu muito tempo para resolver as coisas após os treinos livres, antes de ir direto para qualificação e parque ferme”.

Depois de não conseguir marcar na abertura da temporada, Gasly então partiu para uma série de seis corridas – incluindo um pódio brilhante no Azerbaijão – antes de abandonar no GP da Estíria. E antes do Grande Prêmio da Hungria deste fim de semana, ele disse que deseja somar muitos pontos para terminar a primeira metade da temporada em alta.

“Começamos a temporada de forma muito forte, então agora será importante ter um bom final para a primeira parte do ano em Budapeste. Já estive bem no passado em Hungaroring, vencendo na Fórmula 2 e marcando pontos algumas vezes na Fórmula 1”.

“É um circuito de que gosto muito, pois não há retas reais e muitas curvas, então no cockpit você está sempre fazendo alguma coisa – freando, fazendo curvas ou controlando o acelerador. Gasta-se muito pouco tempo em linha reta e eu aproveito. Significa que é importante entrar em um bom ritmo e, por isso, acho muito agradável guiar”.

“Claro, é sempre um desafio muito físico, sem chance de descansar, e parece que vai ser outro fim de semana muito quente devido ao calor na Europa no momento, mas me sinto pronto para isso.”

A AlphaTauri está atualmente em quinto lugar no campeonato de construtores, apenas um ponto à frente da Aston Martin, e Gasly diz que sua equipe precisará extrair o máximo do pacote AT02 para se manter à frente nessa luta, indo para as férias de verão.

“Em termos de nossas chances lá, vimos nos últimos fins de semana que McLaren e Ferrari deram um grande passo em frente. Sabemos que estamos lutando pelo quinto lugar no campeonato com Alpine e Aston Martin e esse é o objetivo que devemos visar”.

“Penso que em Budapeste teremos hipóteses de estar na mescla com estas duas equipes, mas teremos de ter um fim-de-semana muito bom, aproveitando todo o potencial que existe no nosso pacote”.

“Depois vem o intervalo e penso que será bom para todos depois de uma primeira parte do ano intensa. Sabemos que a próxima parte da temporada vai ser muito exigente, por isso poderemos descansar num ano com 23 corridas planejado, o mais planejado, será importante. Vai ser difícil no final do ano, tanto física quanto psicologicamente, então um pouco de tempo para que todos possam estar com suas famílias é uma coisa boa”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo