Esportes

Série B: dentro do G-4, Coritiba e Goiás empatam; Guarani vence o Brasil-RS

Confira os resultados dos dois confrontos disputados na noite desta sexta-feira (6).

Nesta sexta-feira (6), a bola rolou em mais duas partidas da 16ª rodada da Série B do Brasileirão. No Couto Pereira, Coritiba e Goiás se enfrentaram em um duelo direto dentro do G-4 e empataram em 1 a 1. Em Campinas (SP), o Guarani voltou a vencer na competição ao bater o Brasil-RS por 2 a 0.

Confira os detalhes dos confrontos!

Coritiba 1 x 1 Goiás

Em um confronto direto dentro do G-4, Coritiba e Goiás empataram em 1 a 1 no Couto Pereira. O resultado ainda mantém as duas equipes nas mesmas posições, que podem mudar até o fechamento da rodada. Com 30 pontos, o Coxa é o segundo colocado, seguido pelo Esmeraldino, com 27.

O primeiro tempo do duelo alviverde foi bem movimentado, com as duas equipes se lançando ao ataque a todo instante. Léo Gamalho, Waguininho, Natanael e Igor Paixão criaram boas chances para o Coritiba. E, do lado do Goiás, Miguel Figueira, Caio, Bruno Mezenga e Breno tiveram oportunidades claras de abrir o placar.

Na volta do intervalo, o jogo seguiu lá e cá, com um gol para cada lado ao apito final. Aos 15 minutos, o Coxa largou na frente com Henrique, que aproveitou sobra após cobrança de escanteio e acertou o ângulo. Depois, aos 33, o Esmeraldino empatou com Nicolas, que recebeu cruzamento de Dadá Belmonte e pegou de voleio para deixar tudo igual.

Guarani 2 x 0 Brasil-RS

Guarani venceu o Brasil de Pelotas pela 16ª rodada da Série BGuarani venceu o Brasil de Pelotas pela 16ª rodada da Série B
Créditos: Diogo Reis/AGIF

Após sofrer duas goleadas na Série B, o Guarani fez valer o mando de campo e venceu o Brasil-RS por 2 a 0, no Brinco de Ouro. Com o resultado, o Bugre chegou aos 26 pontos e se aproximou do G-4, ocupando o quinto lugar no momento. O Xavante, com 12, permanece na vice-lanterna.

O primeiro tempo da partida começou sem muita emoção, com as duas equipes bem postadas na marcação. Até que, aos 44 minutos, Bruno Sávio abriu o placar em cobrança de pênalti. Em vantagem, o Bugre voltou para o segundo tempo controlando a partida, enquanto o Brasil buscava espaços para tentar o empate. A melhor chegada dos visitantes foi no chute de Renatinho, aos 18, que não entrou. E quem voltou a balançar as redes foram os donos da casa. Na marca dos 36, Bruno Sávio tabelou com Eduardo Person e cruzou para a área, onde Bidu chegou cabeceando para ampliar o placar: 2 a 0.

Fonte: CBF


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo