Mundo

Grécia começa a avaliar danos após semana de incêndios devastadores

Milhares de pessoas tiveram de deixar suas casas.

Autoridades da Grécia começaram a avaliar os danos dos incêndios que devastaram grandes áreas de floresta e forçaram milhares de pessoas a deixar suas casa ao longo da última semana. Outros incêndios se espalhavam sem contenção em muitas partes do país nesta segunda-feira (9).

A maior frente estava na ilha de Evia, ao leste da capital, que já obrigou a retirada de moradores de dezenas de vilarejos e milhares de pessoas, e chamas destruíram florestas e lares no norte da ilha.

O primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis deve realizar uma reunião ministerial ainda hoje para decidir medidas de alívio para aqueles que perderam propriedades para o fogo.

“Nossa meta é completar o inventário o mais rápido possível, para iniciar imediatamente o processo de compensar nossos cidadãos afetados”, informou o Ministério da Infraestrutura e dos Transportes em comunicado.

Em Evia, que é a segunda maior ilha grega e fica próxima do continente, aeronaves que derramam água encontravam dificuldade para operar por causa das colunas grandes de fumaça que cobriam a área, disseram autoridades.

Os incêndios começaram durante a pior onda de calor na Grécia em três décadas na semana passada, causando temperaturas escaldantes e calor seco. As temperaturas chegaram a baixar um pouco, mas a previsão é de que voltem a subir durante a semana, o que significa que o risco continua alto.

Em Atenas, as autoridades começaram a avaliar os danos de um incêndio que varreu vários subúrbios do norte da cidade, na semana passada, e começou a recuar no sábado.

Fonte: Agência Brasil


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo