News

SE: Professor da rede estadual utiliza canal do Youtube para despertar mais interesse pela Geografia

Os estudantes também produzem vídeos e são protagonistas do canal.

O professor Sebastião Alves, que ensina a disciplina geografia no Centro de Excelência Cleonice Soares da Fonseca, em Boquim, tem utilizado o YouTube como uma importante ferramenta para levar mais conhecimento aos alunos. Por meio do seu canal “Geo Enem”, o professor “Batata”, como é conhecido, tem despertado nos estudantes mais interesse pela disciplina que leciona. O canal foi criado em outubro de 2017, inicialmente voltado apenas para conteúdos que caíam no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ele conta que os alunos gostavam bastante de poder reforçar o conteúdo visto em sala de aula por meio dos vídeos.

Quando passou a atuar com o Ensino Médio em Tempo Integral, o professor começou a pensar formas de deixar o canal mais atrativo para os alunos dessa modalidade de ensino. Então ele passou a fazer vídeos curtos com a revisão das provas que os estudantes iriam fazer, com diversas dicas sobre os assuntos da avaliação. “Os alunos sempre pediam mais vídeos. Com isso, percebi que o canal estava colaborando no processo de ensino-aprendizagem deles”, afirmou.

E as novidades não pararam por aí. O professor Sebastião continuou inovando em seu canal: passou a produzir vídeos sobre expedições, visitas a igrejas e monumentos históricos, curiosidades geográficas, além de temas polêmicos e tabus da sociedade. O ponto alto do canal foi quando ele passou a inserir os trabalhos produzidos pelos alunos. “Eles produziam os trabalhos em vídeos, cartazes, panfletos digitais. Passei a postar no canal, e os estudantes divulgaram nas comunidades escolares. Foi interessante porque há vídeos produzidos pelos alunos que tiveram duas mil visualizações em dois dias. Isso aconteceu porque eles se interessaram em mostrar os seus trabalhos e pesquisas, e com isso também foram aprendendo”, disse ele.

A aluna Ronielly Oliveira Ferreira, de 18 anos, estuda no 3°ano do ensino médio em tempo integral. Ela é uma das entusiastas do canal Geo Enem. “Sempre usamos o canal, até mesmo antes da pandemia, para revisão e publicação de vários conteúdos para o desenvolvimento de nós, alunos. Hoje, ele está sendo um meio muito utilizado e bem aproveitado. Divulgamos nossos trabalhos, fazemos gincanas; o professor faz vários vídeos de assuntos e revisões. E até mesmo quem não tem internet no momento da aula pode assistir ao conteúdo depois”, afirmou.

Crescimento do canal

O canal Geo Enem foi criado com o objetivo de contribuir no processo de ensino-aprendizagem, bem como fortalecer a parte de dicas sobre os assuntos discutidos em sala de aula, seja presencial ou virtual. Além disso, visa a divulgar atividades propostas e que envolvam os alunos. Criado em 2017, o canal já conta com 135 vídeos postados, mais de 25 mil visualizações e 949 inscritos.

“O aluno é muito protagonista e participativo no canal, e não somente um espectador. Ele também participa do processo de construção dos vídeos com os trabalhos. A resposta é muito positiva”, disse o professor.

Confira os vídeos do canal no link: https://bit.ly/2VBuLSp

Fonte: Governo de Sergipe


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo