Esportes

O’Ward feliz por diminuir distância para Palou

Pato O’Ward ficou feliz em proclamar que está “de volta na luta” pelo campeonato NTT INDYCAR SERIES, mas não se orgulhava de como seu déficit para o líder da série Alex Palou foi reduzido mais da metade no sábado no Indianapolis Motor Speedway.

Palou estava correndo em quarto lugar no Grande Prêmio da Big Machine Spiked Coolers – duas posições à frente de O’Ward – quando seu No. 10 NTT DATA Chip Ganassi Racing Honda teve problemas mecânicos com todas as paradas programadas atrás dele. O que significa, disse O’Ward, que ele teve a sorte de ganhar 26 pontos em Palou.

“Acho que foi positivo o que ganhamos (em Palou), mas foi negativo que, se não fosse pelos (problemas) dele, ele teria nos vencido hoje e teríamos perdido ainda mais terreno”, disse O ‘Ward, o piloto do No. 5 Arrow McLaren SP Chevrolet.

Palou terminou em 27º de 28 pilotos, permitindo que o campo ganhasse sobre ele na classificação.

A vantagem de Palou sobre o segundo colocado O’Ward caiu para 21 pontos rumo às últimas quatro corridas da temporada, começando com o Bommarito Automotive Group 500 no próximo sábado à noite no World Wide Technology Raceway. Scott Dixon (No. 9 PNC Bank Grow Up Great Honda da Chip Ganassi Racing) está a 34 pontos após terminar em 17º lugar, enquanto Josef Newgarden (No. 2 XPEL Team Penske Chevrolet) e Marcus Ericsson (No. 8 Huski Chocolate Honda da Chip Ganassi Racing) estão com 55 e 62 pontos, respectivamente, depois de terminar a corrida de sábado na oitava e na nona posições.

“É uma pena (não conseguir mais) porque tínhamos um ritmo vitorioso”, disse Newgarden, que largou em 20º depois de cumprir uma penalização de seis posições na grelha por uma mudança de motor não aprovada. “Se tivéssemos começado na frente, provavelmente teríamos um dia muito bom”.

“Mas, sim, acho que funcionou muito bem para nós.”

A chegada de Dixon não sugere um dia produtivo, mas ele ainda ganhou oito pontos sobre o companheiro de equipe Palou depois de largar em 26º, sua pior posição em oito anos (desde a corrida de 2013 em Long Beach, Califórnia).

Independentemente de como o ganho foi alcançado, O’Ward teve uma visão positiva para ele.

“Estamos de volta à luta”, disse ele. “Estamos bem aí.”

Fonte: NTT IndyCar


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo