Esportes

Drugovich faz balanço da sua meia temporada na F2

Felipe Drugovich demorou um pouco para se recompor após a passagem para a UNI-Virtuosi, mas o brasileiro vem numa série de quatro pontos consecutivos e subiu em dois pódios. Ele está em oitavo lugar na classificação, faltando meia temporada, mas como classificaria seu próprio desempenho?

O corredor UNI-Virtuosi preenche seu boletim de meio da temporada …

NOME: Felipe Drugovich

EQUIPE: UNI-Virtuosi

IDADE: 21

PODIUMS: 2

VITÓRIAS: 0

CLASSIFICAÇÃO DE 10: 6

“Cerca de cinco, talvez seis, mas nada mais do que isso. Acho que temos muita margem para melhorar e não tem sido do jeito que eu queria, mas no geral acho que podemos realmente compensar na segunda metade da temporada”.

QUAIS SÃO OS SEUS PENSAMENTOS NA TEMPORADA ATÉ AGORA?

“Esta temporada tem sido bastante difícil para mim, nada realmente funcionou da maneira que eu queria, mas obviamente, o potencial este ano é muito maior do que o que eu tinha no ano passado, o que significa que uma metade regular da temporada não é tão ruim assim”.

“Acho que não maximizamos nosso potencial a partir do Bahrein. Não tive um bom começo de temporada e perdi muitos pontos que poderia ter marcado. Mas mostramos alguns flashes de um ritmo muito bom”.

“Acho que se pudermos trabalhar juntos e descobrir o que está me limitando, então para a segunda metade da temporada, acho que poderia ser muito melhor porque com certeza o potencial é muito alto.”

QUAL FOI O ASPECTO MAIS FORTE DA SUA TEMPORADA ATÉ AGORA?

“O ponto forte desta temporada até agora, é ver os resultados este ano. Posso ver que, obviamente, não começamos alguns fins de semana de corrida do jeito que queríamos, não com todo o nosso potencial, mas graças à equipe eles fizeram um ótimo trabalho apenas para revidar. Durante o fim de semana pudemos melhorar bastante e terminar o fim de semana na Feature Race com um resultado bastante bom”.

“Então esse é um ponto forte, a luta sempre. Obviamente, não é ideal continuar fazendo assim, temos que limitar isso, mas tem sido uma coisa muito boa. Pode acontecer que você nunca encontre um caminho para ir e nunca realmente melhore, mas este ano sempre conseguimos melhorar durante o fim de semana”.

QUAL FOI O ASPECTO MAIS FRACO DA TEMPORADA ATÉ AGORA?

“O ponto mais fraco tem que ser começar o fim de semana com um carro que de alguma forma, eu não estava confortável, e não pude realmente puxar ou tirar o máximo do carro no primeiro Treino Livre ou Qualificação e com certeza isso compromete o fim de semana inteiro”.

“Então, isso é algo em que estamos realmente trabalhando e com certeza temos que ficar mais fortes nessa parte.”

O QUE VOCÊ APRENDEU ESTA TEMPORADA?

“Aprendi bastante esta temporada, obviamente tendo bons pilotos do outro lado, correndo com eles, também tendo o Zhou como companheiro de equipe, você aprende bastante. Acho que a coisa mais importante que aprendi é que você tem que ser consistente neste campeonato e isso é algo que não fiz no início, por exemplo, no Bahrein”.

“Como você pode ver, os caras que estão na frente, é apenas consistência que importa neste campeonato e você tenta estar lá em todas as corridas somando pontos, então agora estou realmente focado nisso”.

COMO VOCÊ ESTÁ ANTES DA SEGUNDA METADE DA TEMPORADA?

“Estou ansioso pela segunda metade da temporada porque a primeira parte não foi muito boa, mas ao mesmo tempo tínhamos muito potencial. Então, estou realmente ansioso para poder maximizá-lo”.

“Tenho a certeza que se conseguir maximizar o potencial, podemos ser muito rápidos em todas as partes e realmente dominar. Acho que primeiro temos apenas que trabalhar nessas partes fracas e tentar ser o mais forte possível na segunda metade da temporada”.

Fonte: Fórmula 2


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo