Esportes

Athletico-PR bate o Santos e larga em vantagem nas quartas da Copa do Brasil

Com gol de Renato Kayzer, Rubro-Negro faz 1 a 0 sobre o Peixe e fica a um empate da vaga na semifinal.

O Furacão está em vantagem na disputa por um lugar na semifinal da Copa Intelbras do Brasil. Na partida que abriu as quartas de final da competição, o Athletico-PR superou o Santos por 1 a 0, com gol de Renato Kayzer na noite desta quarta-feira (25), na Arena da Baixada.

Com o resultado, o Rubro-Negro paranaense pode empatar no segundo jogo que se garante na próxima fase. As duas equipes voltam a se enfrentar terça-feira (14), na Vila Belmiro.

O primeiro chute perigoso foi do Furacão. Aos três minutos de jogo, Jader arriscou de fora da área, a bola explodiu na trave direita do Santos e foi pela linha de fundo. Aos oito, o goleiro João Paulo evitou, em duas oportunidades, o gol do Athletico: primeiro ele defendeu um toque errado de seu companheiro, no rebote, espalmou uma bomba de Nikão de dentro da grande área.

O Peixe teve sua primeira finalização com perigo aos 14 minutos, quando Sánchez arriscou de fora da área, mas a bola saiu por cima. Porém, no ataque seguinte o Furacão abriu o placar: Nikão bateu escanteio na primeira trave, Richard deu a casquinha e Renato Kayzer se antecipou à defesa e tocou para as redes, aos 16 minutos de partida.

O duelo seguiu movimentado na Arena da Baixada. Aos 21, Terans recebeu passe rasteiro na área, chutou, mas a defesa santista conseguiu interceptar e colocar pela linha de fundo. Já o Peixe ameaçou aos 23, quando Jean Mota finalizou de fora da área, mas o goleiro Santos espalmou. O Furacão chegou mais três vezes com perigo: em dois chutes colocados de Nikão para fora e em chute firme de Christian que fez João Paulo operar a defesa. E o placar se manteve no primeiro tempo.

A parte inicial do segundo tempo foi de bastante movimentação e chances para os dois lados. No primeiro minuto, Marcinho chutou cruzado, e o goleiro do Peixe defendeu. Aos 12, Gabriel Pirani tentou duas vezes finalizar, mas a defesa do Furacão travou em ambas as vezes.

Após esse início intenso, o duelo adotou um ritmo mais cadenciado. Com o placar favorável, o Athletico ficou com a posse de bola e procurou trocar passes na tentativa de controlar o jogo. Com isso, o resultado permaneceu, com a vitória do Furacão, que leva a vantagem para o confronto da volta.

Fonte: CBF


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo