News

O Aedes albopictus, parente do mosquito da dengue

Originário do sudeste da Ásia, o Aedes albopictus é um mosquito silvestre, que se adaptou ao ambiente urbano, suburbano e rural. É encontrado com maior frequência em locais de menor concentração humana e maior cobertura vegetal.

Embora utilize depósitos artificiais, como o Ae. aegypti, deposita seus ovos especialmente em criadouros naturais, como bromélias e cascas de frutas até buracos de árvore, situados do entorno das casas até longas distâncias em matas secundárias.

Nas últimas décadas, o Ae albopictus disseminou-se para a África, a Europa e as Américas, principalmente devido ao comércio internacional de pneus usados. Depositados no interior dos pneus, os ovos são resistentes à dessecação e permanecem viáveis por vários meses na ausência de água.

Embora seja nativo das regiões tropical e subtropical, vem se adaptando com sucesso a áreas mais frias. Os ovos das cepas de zonas temperadas são mais tolerantes ao frio, chegando a suportar a neve e temperaturas abaixo de zero. A variante europeia do Ae albopictus passa por um período de desenvolvimento reduzido (diapausa) durante os meses de inverno.

No Brasil, foi detectado pela primeira vez na década de 1980, nos estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Aos poucos, foi invadindo estados vizinhos, como Espírito Santo e São Paulo.

Fonte: www.fiocruz.com.br

Print Friendly, PDF & Email

Danilo Sacramento

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo