Esportes

Brasileiro Feminino: Palmeiras sai na frente do Inter na semifinal

Corinthians derrotou Ferroviária no último domingo (29).

O Palmeiras derrotou o Internacional nesta segunda-feira (30), no Rio Grande do Sul, e deu um passo importante para chegar à final da Série A1 do Brasileiro Feminino. Em um jogo muito equilibrado, o time paulista venceu por 1 a 0, gol da atacante Chú.https://platform.twitter.com/embed/Tweet.html?creatorScreenName=agenciabrasil&dnt=false&embedId=twitter-widget-0&features=eyJ0ZndfZXhwZXJpbWVudHNfY29va2llX2V4cGlyYXRpb24iOnsiYnVja2V0IjoxMjA5NjAwLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X2hvcml6b25fdHdlZXRfZW1iZWRfOTU1NSI6eyJidWNrZXQiOiJodGUiLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X3NwYWNlX2NhcmQiOnsiYnVja2V0Ijoib2ZmIiwidmVyc2lvbiI6bnVsbH19&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1432508984884441088&lang=pt&origin=https%3A%2F%2Fagenciabrasil.ebc.com.br%2Fesportes%2Fnoticia%2F2021-08%2Fbrasileiro-feminino-palmeiras-sai-na-frente-do-inter-na-semifinal&sessionId=e5adeba34ce4fc49ae6b56c25027fbd038400bff&siteScreenName=agenciabrasil&theme=light&widgetsVersion=1890d59c%3A1627936082797&width=550px

Na primeira partida da semifinal, as Gurias Coloradas começaram o jogo tentando comandar as ações. Porém, esse domínio não durou mais do que cinco minutos. Aos sete minutos, o Palmeiras aliviou a pressão e chegou com perigo ao ataque, em lance no qual árbitra chegou a marcar pênalti, mas, após consulta ao VAR (árbitro de vídeo) entendeu que a jogada não caracterizava penalidade.

A partir daí a equipe paulista passou a equilibrar as ações e a marcar a saída de bola das coloradas, o que dificultava a armação de jogadas do time da casa.

Não bastasse a dificuldade imposta pelas adversárias, o Internacional passou a sofrer com lesões. Primeiro, Shashá machucou o ombro em um choque com uma adversária e teve que ser substituída. Depois, Fabi Simões machucou o tornozelo. Ela continuou no campo, mas não voltou para o segundo tempo.

A segunda etapa começou muito disputada, mas com poucos lances agudos no ataque. O Internacional esboçou novamente uma pressão, propondo o jogo, mas o Palmeiras segurou o ímpeto adversário. E logo a resposta veio, e foi fatal. Aos 29 minutos do segundo tempo, Julia recebeu de Leidi, foi à linha de fundo e cruzou para a Chu, que, no meio da área, desviou de letra, vencendo a goleira Vivi. Um golaço no Beira Rio.

O confronto, que estava morno, esquentou novamente. E o Internacional quase empatou aos 34 minutos. Após cruzamento na área, Isa Hass tocou na pequena área e a goleira Jully segurou a bola já em cima da linha. Em seguida, Mileninha chutou a bola, já dominada pela goleira, para o fundo da rede. De início, a árbitra deu gol, mas a assistente assinalou falta em Jully e o lance foi anulado.

O Internacional teve outra grande oportunidade com uma cabeçada perigosa dentro da área, mas Jully fez boa defesa e salvou o Palmeiras pela última vez. Os times se encontram novamente na manhã do próximo domingo (5).

Na outra semifinal do Brasileirão Feminino, o Corinthians derrotou a Ferroviária por 3 a 1 em partida disputada no último domingo (29).

F


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo