Esportes

Exército laranja de Verstappen pronto para a festa em Zandvoort

A Fórmula 1 precisa dar um show para os fãs depois de uma ‘corrida’ ridícula na Bélgica e não vai demorar muito para os fãs holandeses e o Exército Laranja de Max Verstappen começarem a festa em Zandvoort no domingo.

Os ingressos para o primeiro Grande Prêmio da Holanda em 36 anos foram adquiridos com a pressa de ver o empolgante jovem candidato ao título da Red Bull correr pela primeira vez em casa como piloto de Fórmula 1.

O retorno da corrida foi adiado no ano passado devido à pandemia COVID-19, mas desta vez vai em frente com cerca de 70.000 espectadores diários que certamente farão suas vozes serem ouvidas.

O circuito da velha escola nas dunas do resort de praia, a uma curta viagem de Amsterdã, será apenas o lugar para Verstappen, de 23 anos, arrancar a liderança do campeonato de Lewis Hamilton, da Mercedes.

Verstappen tem seis vitórias em 12 corridas, mas ainda está três pontos atrás do heptacampeão mundial, que se aventurará profundamente em território hostil em busca de um recorde de 100ª vitória na carreira.

A vitória de Verstappen em Spa-Francorchamps não foi para comemorar, vindo depois de algumas voltas em condições atrozes e molhadas atrás do safety car e da corrida finalizada, mas Zandvoort será muito especial.

“Foi incrível ver tantos fãs nos apoiando na Áustria e na Bélgica e espero que possamos dar um bom show para todos nas arquibancadas neste fim de semana”, disse Verstappen.

“Quanto à pista, pode ser um pouco difícil de ultrapassar, mas para o desempenho de uma volta acho que vai ser recompensador”.

“As voltas de qualificação serão muito rápidas lá, por isso qualquer erro vai custar muito caro”.

A pista ondulada, com curvas inclinadas, tem retas curtas e oportunidades limitadas de ultrapassagem, mas pode trazer algumas surpresas, pois a maioria dos pilotos não tem mais experiência do que no simulador.

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, cuja equipe lidera os dois campeonatos, mas com a Red Bull diminuindo a diferença, esperava passar de um fim de semana miserável e lutar por uma vitória adequada.

“Estamos adorando o desafio de enfrentar uma nova pista porque é nova para todos e isso significa novas oportunidades para encontrar vantagens”, disse ele.

“Esperamos começar a correr na sexta-feira e levar a luta aos nossos concorrentes. Será emocionante ver quem sai por cima”.

O último vencedor na Holanda foi o tricampeão austríaco, Niki Lauda, ​​em uma dobradinha da McLaren com o francês Alain Prost.

Embora pareça provável que a batalha seja entre os dois candidatos ao título, Lando Norris, da McLaren, vai querer se redimir depois de uma queda na qualificação na Bélgica, enquanto ditava o ritmo inicialmente.

“Zandvoort é um circuito legal em que já corri e ganhei antes em 2017 na Fórmula 3”, disse ele. “A pista mudou bastante desde então, com novas curvas, o que pode mudar o desenrolar da corrida”.

Fonte: Reuters


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo