Mundo

Japão: Suga desiste de concorrer à reeleição como presidente do PLD

Eleição está marcada para o dia 29.

O primeiro-ministro do Japão, Suga Yoshihide, anunciou que não será candidato à eleição para a presidência da maior legenda governista do país, o Partido Liberal Democrático (PLD), que será realizada este mês. A desistência de concorrer à reeleição significa que, em breve, o Japão terá novo premiê.

Suga fez o anúncio nesta sexta-feira (3), em reunião extraordinária da executiva do PLD. Ele disse que não será candidato para se concentrar em medidas de combate ao novo coronavírus. A eleição para a presidência do partido está marcada para o dia 29.

Além disso, ele teria informado que não fará a substituição de ocupantes de cargos na executiva do partido, prevista para segunda-feira 13).

Suga Yoshihide tinha manifestado a intenção de concorrer à reeleição ao se encontrar, nessa quinta-feira, com o secretário-geral do PLD, Nikai Toshihiro.

Hoje, porém, após a reunião de dirigentes do partido, ele afirmou à imprensa que mudou de ideia. “Concluí que devia escolher entre fazer campanha pela reeleição ou me concentrar em medidas de combate ao novo coronavírus, por não ser capaz de lidar simultâneamente com dois desafios tão desgastantes. Decidi, assim, me concentrar no combate à covid-19 para evitar uma propagação maior do contágio.”

Um dos interessados em concorrer à presidência do Partido Liberal Democrático é o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros Kishida Fumio. A ex-ministra do Interior e Telecomunicações Takaichi Sanae também pretende se candidatar, mas, para concorrer, precisará obter a assinatura de 20 parlamentares filiados ao PLD.

F


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo