Esportes

“Ele quer estar na minha frente a qualquer custo”, diz Schumacher

Foi um fim de semana turbulento do Grande Prêmio da Holanda na Haas, com Nikita Mazepin e Mick Schumacher em desacordo por causa de uma briga entre os dois na qualificação – enquanto Schumacher ficou furioso depois de um novo incidente entre os dois no final da 1ª volta da corrida em Zandvoort.

A qualificação viu Mazepin e Schumacher brigando pela posição da pista no Q1, levando a dupla a bloquear o Aston Martin de Sebastian Vettel.

E a dupla da Haas estava de volta no final da primeira volta do Grande Prêmio da Holanda, com Mazepin – que havia ultrapassado Schumacher na volta 1 para a Curva 8 – parecendo cortar agressivamente na frente de seu companheiro de equipe enquanto Schumacher tentava passar novamente o russo pela reta principal – para desgosto de Schumacher.

“Acho que obviamente houve uma pequena reunião com meu companheiro de equipe por algum motivo que não entendo”, disse Schumacher. “Mas você sabe, eu acho que obviamente parece que é assim que as coisas são”.

“Parece que ele tem essa coisa na cabeça que quer, a qualquer custo, estar na minha frente, e tudo bem, não tenho nada contra isso”, acrescentou Schumacher. “Mas acho que se chegarmos ao ponto em que nos defendemos de forma muito agressiva contra um companheiro de equipe onde você não tem nada a ganhar, talvez essa não seja a abordagem certa”.

“Isso não justifica o fato de que ele me empurra na parede, e basicamente me empurra para ir para o pit lane. Sim, mais uma vez, acho que não é o caminho certo, mais uma vez, provavelmente teremos que conversar com a equipe sobre isso”.

Mazepin foi mais tarde forçado a abandonar a corrida com um problema hidráulico, já que Schumacher terminou em P17 – com Mazepin admitindo depois da corrida que estava mais preocupado em perder tempo no assento do que qualquer outra coisa.

“Também estou chateado”, disse Mazepin. “O meu trabalho é conduzir e sinto que não conduzo o suficiente nos últimos fins-de-semana de corrida. Felizmente não me sinto culpado, o que é uma coisa para se manter em mente, mas estava a fazer uma boa corrida, fiz uma boa volta de abertura”.

1338265441
Mazepin ficou irritado por perder mais corridas depois de se retirar na volta 41

“Eu estava tentando administrar o que tínhamos possível com nosso carro hoje, mas, infelizmente, o problema hidráulico fez com que tivéssemos que diminuir a potência do motor, o que permitiu que Robert Kubica nos passasse e, por questões de segurança, [nós] apenas [paramos].”

Enquanto isso, o chefe da equipe Haas, Guenther Steiner – que já teve que administrar vários momentos desconfortáveis entre Schumacher e Mazepin este ano – disse que a equipe iria trabalhar para evitar a repetição de surtos entre os dois no futuro, dizendo: “Obviamente, tivemos o contato entre os dois no início da corrida. Todos nós nos sentamos depois, e meu objetivo agora é trabalhar nisso e resolveremos esses problemas no futuro”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo