Esportes

Danilo elogia sequência da Seleção Brasileira e vê espaço para crescimento: ‘A gente pode melhorar’

Antes de viagem para o Recife, lateral da Seleção falou sobre a expectativa para o confronto da próxima quinta-feira, contra o Peru.

Sete vitórias em sete jogos nas Eliminatórias da Copa do Mundo. 100% de aproveitamento e liderança isolada na competição. Isso tudo poderia fazer alguém pensar que a Seleção Brasileira não tem como melhorar. Mas Danilo sabe que sempre há espaço para evolução. Presença constante no grupo, o lateral participou de entrevista coletiva nesta terça-feira (7) e refletiu sobre o atual momento da equipe.

“É muito difícil qualquer seleção do mundo ficar sem 11 selecionáveis, a maioria titular e ainda assim conseguir resultados. Isso tem que ser valorizado”, disse, antes de citar um ponto em que a Seleção pode melhorar nas próximas partidas:

“Muitas vezes, não mantemos o mesmo nível de atuação dentro da partida durante muito tempo. É uma coisa que a gente pode melhorar, que depende muito mais de nós, enquanto jogadores, termos uma concentração ali durante os 90 minutos, a mais do que temos. Isso vai fazer com que a gente tenha mais equilíbrio, vença partida e dê menos chances aos adversários”.

Titular em todas as partidas do Brasil nas Eliminatórias até aqui, Danilo ainda não quer pensar no Catar. Ele prefere focar nos objetivos mais próximos, para, com os pés no chão, conquistar a vaga na Copa do Mundo e seu lugar na Seleção Brasileira. Na próxima quinta-feira (9), o Brasil enfrenta o Peru, na Arena de Pernambuco, pelo encerramento da Data FIFA de setembro, e este é o foco do lateral.

“Meu objetivo é ser titular contra o Peru, ajudar a Seleção e garantir minha vaga na próxima convocação. Quando você bota objetivos muito longos, você perde o foco no que está acontecendo ao redor, que é o que realmente importa. Estou muito satisfeito com essa campanha, é motivo de muito orgulho, muita satisfação. Isso me dá motivação”, disse.

A seleção do Peru é um dos adversários mais frequentes da Seleção Brasileira nos tempos recentes. A última vez que as duas equipes se enfrentaram foi pela semifinal da Copa América de 2021. Na ocasião, o Brasil venceu por 1 a 0, com gol de Lucas Paquetá. Nesta quinta, Danilo espera mais um confronto difícil, principalmente pelas caraterísticas da Seleção Peruana.

“Apesar de o Brasil ter vencido a maioria dos confrontos, é uma equipe que nos dificulta muito, porque tem a posse de bola, os jogadores jogam com passes muito curtos, é difícil de pressionar. É uma seleção que nos causa muitas dificuldades”, concluiu.

Nesta terça-feira, o Brasil faz seu último treinamento em São Paulo, no CT Joaquim Grava, antes de viajar para Recife. Na capital pernambucana, a Seleção Brasileira segue sua preparação para o confronto da próxima quinta-feira, contra o Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022.

Fonte: CBF


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo