News

Mais burcas sendo vendidas no Afeganistão após a ascensão do Talibã

Compartilhar

Um vendedor de burca afegão disse na quinta-feira que a venda de burca aumentou desde que o Talibã assumiu o controle do Afeganistão.

“No governo anterior, eu usava um hijab ou outra roupa adequada”, disse Nadia, cliente de uma loja que vende burcas. “Agora quero comprar uma burca porque, depois da chegada do Talibã, eles disseram que as mulheres deveriam guardar o véu”, acrescentou.

A burca é uma vestimenta essencialmente feminina que cobre todo o corpo, possuindo apenas uma espécie de janela de malha na área dos olhos.

Desde que assumiu o controle do governo, o Talibã, que capturou Cabul de uma maneira mais rápida do que o espero, tentou apresentar uma face mais moderada ao mundo. O grupo prometeu proteger os direitos humanos e abster-se de represálias contra velhos inimigos.

Mas não foi isso que aconteceu. O secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, afirmou que relatórios “horríveis” sugeriram que o Talibã já começou a restringir severamente os direitos das mulheres e meninas afegãs, a partir do momento que os extremistas começaram a dominar diferentes regiões do país.

“Estou profundamente perturbado com as primeiras indicações de que o Taleban está impondo severas restrições aos direitos humanos nas áreas sob seu controle, principalmente visando mulheres e jornalistas”, disse Guterres a repórteres.

“É particularmente horrível e doloroso ver relatos sobre os direitos duramente conquistados de meninas e mulheres afegãs sendo destruídos”, acrescentou.

Com informações de Al Arabiya News


Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Fernanda da Silva Flores

Fernanda da Silva Flores é graduada em História pela Universidade Norte do Paraná (2018) e possuí pós-graduação em Gestão Educacional (2019) pela mesma instituição. Fundou o site Rainhas na História em setembro de 2016, onde aborda a vida de grandes personagens históricas ao longo dos séculos. Reside em Itajaí, Santa Catarina, Brasil.
Botão Voltar ao topo
Translate »