News

Morangolândia tem 40 estandes de produtores de morango do DF

Espaço é uma das principais atrações do tradicional evento, que começou sexta-feira (3), em Brazlândia.

Quarenta estandes de produtores de morango do Distrito Federal atendidos pela Emater-DF estão montados no espaço da Morangolândia, da 25ª Feira do Morango de Brasília. No local, que funciona na área da Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão (Arcag), em Brazlândia, é possível comprar direto de quem produz o alimento in natura ou em forma de doces, tortas, geleias e licores, que podem ser consumidos na hora ou levados para casa.

Os agricultores estão animados com o evento, que no ano passado foi virtual por conta da pandemia de covid-19. Josemilson da Cruz Gomes e o irmão dele, Josenilson, produtores do Rodeador, esperam que a feira impulsione o consumo. “Quando tem a feira, as pessoas compram mais morango, não só aqui dentro. A gente vende melhor até na Ceasa”, diz Josemilson.

E para garantir a renda extra que a festa proporciona, eles envolveram a família toda na produção de várias guloseimas. “Tem musse, espetinho de morango e até sorvete. É só chegar aqui”, completa.

Já para a produtora rural do Incra 6 Francinete Piassi, o que anima não é só a chance de vender mais. “Como a gente vende direto para o consumidor, consegue um valor melhor. Para quem compra é bom também, porque consegue vir aqui e escolher entre todas as opções”, avalia.

O gerente da Emater-DF em Brazlândia, Hélio Lopes, lembra que este é o período de grande safra do morango. A quantidade disponível é abundante. “A feira tem o grande mérito de divulgar o morango e estimular o consumo. Os produtores se beneficiam muito disso e a economia local também”, avalia.

Atualmente, 226 produtores cultivam morango no Distrito Federal, divididos entre produção convencional e orgânica. Este ano, eles plantaram cerca de 150 hectares da fruta. Aproximadamente 95% desse total fica na região de Brazlândia.

A 25ª Feira do Morango de Brasília abriu oficialmente na sexta-feira (3) e segue até o feriado de 7 de Setembro. No próximo fim de semana, a feira volta a funcionar de sexta-feira a domingo (dias 10, 11 e 12). O horário de funcionamento é das 10h às 22h e o acesso é livre.

Devido à pandemia, o uso de máscaras é obrigatório, tanto nos espaços fechados quanto ao ar livre. Em todos os estandes, há álcool gel disponível. O evento é organizado pela Arcag e pelo Instituto Rosa dos Ventos, com apoio da Emater-DF, Administração Regional de Brazlândia e Secretaria de Turismo.

Fonte: Agência Brasília


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo