Esportes

Hamilton espera que Russell “traga fogo” ao apoiar o britânico para energizar a Mercedes

A Mercedes apresentará sua primeira nova formação desde 2017 no próximo ano, com George Russell se juntanfo a Lewis Hamilton, com o veterano esperando que seu colega britânico com “superfome” energize os Silver Arrows, bem como o desafie na pista.

O anúncio de Valtteri Bottas na segunda-feira passada de que partiria para a Alfa Romeo em 2022 abriu o caminho para Russell passar da Williams para a Mercedes, com Hamilton questionado em Monza antes do Grande Prêmio da Itália o que ele pensava sobre a nova contratação da Mercedes.

“Naturalmente, ele faz parte desse grupo mais jovem”, disse Hamilton. “Acho que o jovem talento que está surgindo é ótimo para o esporte e é o futuro do esporte”.

“Acho que sangue novo em nossa equipe vai ser ótimo, obviamente, porque eu sou o mais velho lá! E eu acho que isso definitivamente irá energizar toda a equipe, sabendo que eles têm um novo jovem que está super faminto, impulsionado e vai empurrar a equipe para a frente”.

1337090182
Hamilton espera que Russell “energize” Mercedes

Questionado se havia passado um tempo analisando os pontos fortes e fracos de Russell, entretanto, Hamilton respondeu com um vigoroso “não”, acrescentando: “Quer dizer, eu assisti George passar pela Fórmula 3, GP2 e, claro, assisti muito da corrida que ele fez, movimentos que ele fez”.

“Não há dúvida de que ele é incrivelmente talentoso. Não analisei em detalhes onde ele é fraco – não é algo em que eu realmente coloque muita energia. Só sei que ele vai continuar a ficar mais forte, mesmo nas próximas nove corridas, e no próximo ano novamente ele vai trazer o calor, com certeza”.

Na preparação para a confirmação da Mercedes de sua formação de pilotos para 2022, Hamilton não fez segredo de expressar seu apoio a Bottas.

E o heptacampeão passou a elogiar o trabalho feito pelo finlandês na Mercedes desde 2017, quando a dupla busca encerrar a parceria com o quinto título de construtoras consecutivos pela equipe, diante da forte oposição da Red Bull.

“Tem sido incrível”, disse Hamilton sobre seu tempo como companheiros de equipe de Bottas. “Eu gostei muito, tem sido uma jornada incrível. Ganhei um amigo com o passar do tempo e ajudamos a equipe a conquistar quatro títulos mundiais durante esse tempo”.

“Obviamente, ainda estamos tentando fechar em alta, mas também estou muito animado para o próximo capítulo de sua vida. Tudo o que crescemos e aprendemos juntos, ele continuará crescendo e melhorando”.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo