Esportes

O P3 foi o “máximo que poderíamos alcançar”, diz Bottas 

Por um momento no Grande Prêmio da Itália, parecia que Valtteri Bottas poderia ter encenado um desafio sensacional pela vitória no final – mas o finlandês disse que o último lugar no pódio foi o melhor que ele poderia ter alcançado, tendo começado bem no final do grid.

Os novos componentes do motor significaram que, embora Bottas tenha terminado em primeiro na F1 Sprint e garantido a pole para o Grande Prêmio de domingo, ele inevitavelmente largaria da retaguarda, tendo acumulado várias penalidades na grade para a nova unidade de potência.

Questionado sobre se alguma vez pensava que a vitória era possível, Bottas respondeu: “Quando estava a progredir muito rapidamente, sabe, no início do meio [período de tiragem] e então pude ver que os McLarens estavam realmente muito perto e eu estava a apanhar , mas uma vez que estava atrás do [Sergio] Perez … é claro que estava tentando tudo que podia – mas apenas nas últimas voltas, os pneus começaram a cair e foi isso”.

A vitória foi finalmente conquistada por Daniel Ricciardo, que liderou para casa com uma dobradinha da McLaren – e Bottas disse que os dois carros mamão teriam sido muito difíceis de passar, mesmo se ele tivesse ultrapassado Perez.

“Eu acho que teria sido complicado passar pelos McLarens, honestamente; Eu acho que eles foram fortes durante todo o fim de semana e eles tinham seus pontos fortes em linha reta e, como ontem, Lewis estava tentando tudo que podia, mas não conseguia. Sinceramente, acho que foi o máximo que poderíamos alcançar hoje”.

Mesmo tendo deixado o Grande Prêmio da Itália sem uma primeira vitória em 2021, Bottas disse que estava satisfeito com uma corrida esterlina da parte de trás para a terceira colocação, o finlandês incapaz de se lembrar de outra corrida em que ele chegou ao pódio na parte de trás.

“Nunca, eu acho. Acho que foi provavelmente a maioria das posições que ganhei na minha carreira; Não sei, não sou o melhor com estatísticas. Honestamente, você sabe, embora algumas pessoas possam pensar que é fácil ultrapassar em Monza, na verdade não é quando há alguns carros em uma fila, não é fácil”.

“Portanto, estou feliz com o progresso que fizemos hoje. Tínhamos um bom carro, bom ritmo e boa estratégia. Começar com pneus duros no meu caso foi definitivamente a escolha certa e podíamos continuar e aproveitar as oportunidades quando fosse altura de atacar e empurrar”.

“Bem no final, o meio começou a cair. Nessa altura as coisas começaram a estabilizar e no geral fiz tudo o que podia hoje neste fim de semana e hoje, e estou feliz por isso”, concluiu.

Bottas está em terceiro na classificação , com 141 pontos, com o segundo colocado Lando Norris a apenas nove, após a dobradinha da McLaren em Monza.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo