Esportes

Perez “esperava um pouco mais dos comissários” após a penalidade custar-lhe o pódio em Monza

Sergio Perez, da Red Bull, disse que ficou desapontado com a decisão dos comissários de dar-lhe uma penalidade de cinco segundos no Grande Prêmio da Itália – uma punição que lhe negou um pódio em Monza.

O mexicano foi considerado como tendo deixado a pista na Curva 4 e ganho uma vantagem duradoura ao ultrapassar Charles Leclerc para o P3 na volta 32, e logo em seguida recebeu uma penalidade de cinco segundos – tirando-o do pódio para P5, já que Valtteri Bottas e Leclerc foram promovidos para terceiro e quarto, respectivamente, na chegada. O piloto da Red Bull explicou seu lado do incidente e deu sua opinião sobre o veredicto.

Ele disse: “Sim, foi uma pena não termos conseguido o pódio. Acho que conseguimos, mas perdemos mais tarde, acho que para ser honesto, esperávamos um pouco mais dos comissários, no sentido de que eu não tinha para onde ir, ou estava abrindo caminho ou tendo contato com Charles”.

“Eu sei que essa é a regra, mas acho que como equipe pensamos: ‘Bem, provavelmente eles podem ser um pouco mais sensatos aqui e ter uma visão mais ampla’. Mas não aconteceu”.

Questionado se ele poderia ter devolvido o lugar a Leclerc, Perez explicou por que ele não poderia ter deixado a Ferrari passar por ele na pista.

“Acho que tudo aconteceu muito rápido e Valtteri estava muito perto dele, então acho que decidimos continuar, pensando que provavelmente poderíamos ter uma discussão com os administradores”, disse ele.

Mas, em um dia em que seu companheiro de equipe Max Verstappen e seu rival pelo título Lewis Hamilton foram eliminados em uma colisão na 25ª volta, Perez ainda conseguiu pontos úteis para a Red Bull. Ele lamentou a penalidade, no entanto, que fez com que Bottas tomasse o último lugar no pódio e a Mercedes deixasse Monza com 18 pontos contra 12 da Red Bull.

Ele concluiu: “Quer dizer, estávamos à frente da Mercedes; infelizmente com a penalização, perdemos para o Valtteri e penso que esta era uma pista que sabíamos que seria bastante forte”.

Como resultado do Sprint e Grande Prêmio da Itália, a Red Bull deixa Monza com uma desvantagem de 18 pontos para a Mercedes no campeonato de construtores.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo