Esportes

Seleção Brasileira de Futsal realiza treino no local da partida com o Japão

Duelo decisivo das oitavas de final da Copa do Mundo FIFA de Futsal acontece na quinta-feira (23).

A corrida pelo hexacampeonato da Copa do Mundo FIFA de Futsal segue a cem por hora. Desde segunda-feira (20) instalada em Kaunas (LIT), a Seleção Brasileira realizou, nesta terça (21), o treino oficial antes do duelo contra o Japão, pelas oitavas de final da competição. O treinamento aconteceu na Arena Kaunas, local da partida frente ao time nipônico.

Após o reconhecimento da Arena, os atletas participaram de uma ativação física, além de treinos específicos visando as partes técnicas e táticas. Mirando o primeiro desafio mata-mata do Brasil na Copa do Mundo, o capitão Rodrigo disse que a equipe está pronta para o desafio, mas fez questão de destacar  a importância de se manter o foco e a concentração o tempo todo.

“Já está acontecendo. A gente sabe que o Brasil tinha essa responsabilidade de chegar, e tem a responsabilidade de chegar ainda mais (longe). Sabemos que no último Mundial foi nessa fase que a gente ficou de fora. Então tem esse peso. Mas estamos muito bem preparados”, disse o fixo da Seleção de Futsal, antes de completar ao falar sobre a Arena:

“O estádio é magnífico. Conhecemos a quadra hoje, temos mais um dia para trabalhar e depois vamos com tudo para o mata-mata”.

Brasil e Japão entram em quadra na próxima quinta-feira (23), às 14h (de Brasília), com transmissão ao vivo da Rede Globo e do Sportv. Caso confirme a classificação, os comandados do técnico Marquinhos Xavier terão pela frente Venezuela ou Marrocos.

Fonte: CBF


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo