Esportes

Perez diz que teve “extrema falta de sorte” depois de terminar em 9° na Rússia

Sergio Perez saiu com apenas dois pontos no Grande Prêmio da Rússia, com o piloto da Red Bull terminando em nono em um dia difícil em Sochi. Ele explicou por que, em uma corrida em que seu companheiro de equipe alcançou incríveis 19 posições, suas esperanças de subir no campo diminuíram.

O mexicano se classificou em oitavo em Sochi, atrás de Lance Stroll da Aston Martin, e acabou perdendo uma posição na corrida – enquanto seu companheiro de equipe Max Verstappen conseguiu terminar em segundo depois de largar em 20º do grid. Mas no meio da corrida, Perez estava correndo em terceiro – e parecia pronto para um pódio antes de a chuva cair a apenas cinco voltas do fim.

“Sim, é obviamente muito decepcionante. Acho que tivemos muito azar hoje”, disse ele. “Poderia ter ido de qualquer maneira, você sabe. se chovesse um pouco menos, então os pilotos que pararam teriam [sofrido]”.

“Se choveu um pouco mais, obviamente os favoreceu. Acho que no momento em que estava na volta, era um pouco tarde para saber, você sabe – a quantidade de chuva que iríamos ter também – então já estávamos no pódio, foi uma decisão complicada para fazer, ”ele explicou.

Perez acabou parando na volta 50 – duas voltas depois do companheiro de equipe Verstappen – para pneus intermediários, e terminou atrás de Kimi Raikkonen da Alfa Romeo, no P9. Mas seu primeiro pit stop, na volta 36, ​​provou ser igualmente caro, com o mexicano perdendo quase nove segundos parado na caixa. Ele foi questionado se isso é motivo de preocupação antes do Grande Prêmio da Turquia, em 10 de outubro.

“Não, acho que só temos que ver o que deu errado, os meninos têm feito pitstops muito rápidos, então acho que só temos que ver o que está acontecendo lá e espero que possamos consertar no futuro”, disse ele.

“É um pouco decepcionante para mim, mas sim, estamos apenas ansiosos pelo próximo porque mostramos um bom ritmo neste fim de semana”, concluiu Perez.

Depois do GP da Rússia, o piloto da Red Bull é quinto no campeonato com 120 pontos – apenas sete pontos e meio à frente de Carlos Sainz da Ferrari.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo