Esportes

Seleção masculina de vôlei conhece adversários no Mundial

A equipe caiu no grupo B com Japão, Cuba e Catar; torneio será realizado de 26 de agosto a 11 de setembro de 2022, na Rússia.

A seleção brasileira masculina de vôlei conheceu nesta quinta-feira (30.10) os adversários que enfrentará na primeira fase do Campeonato Mundial, que será realizado de 26 de agosto a 11 de setembro de 2022, na Rússia. O Brasil caiu no Grupo B, ao lado de Japão, Cuba e Catar e jogará a primeira fase em Kemerovo, na Rússia.

O técnico Renan acompanhou atentamente o sorteio e comentou sobre os primeiros adversários que a seleção brasileira enfrentará na busca pelo quarto título mundial.

“O Japão é uma equipe que está crescendo muito nos últimos anos. Muitos jogadores estão indo jogar fora do país e têm participado de grandes ligas. Cuba é um adversário tradicional do voleibol brasileiro e tem o saque o ataque como as suas principais caraterísticas. Já o Catar é uma equipe que também tem evoluído com a presença de técnicos brasileiros nas ligas locais”, disse Renan, que ainda destacou a busca por um grande resultado na Rússia.

“O Mundial é o principal objetivo no próximo ano. Vamos ter a Liga das Nações para nos prepararmos e chegarmos no nosso melhor momento na Rússia”, afirmou Renan

No Grupo A estão Rússia, Sérvia, Tunísia e Porto Rico. O C conta com as seleções da Polônia, Estados Unidos, México e Bulgária. O Grupo D é formado pelas seleções da França. Eslovênia, Alemanha e Camarões. Já o Grupo E conta com Itália, Canadá, Turquia e China e o grupo F tem Argentina, Irã, Holanda e Egito.

O Brasil conquistou o primeiro título do Campeonato Mundial em 2002, quando derrotou a Rússia por 3 sets a 2, na Argentina. Em 2006, a equipe verde e amarela superou a Polônia por 3 sets a 0 na competição realizada no Japão. E, em 2010, na Itália, bateu a seleção de Cuba também por 3 a 0. Na última edição da competição, em 2018, o Brasil ficou com a medalha de prata.

Fonte: CBV


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo