Esportes

Perez está de olho nos “grandes pontos” e no fim da seca do pódio para a Red Bull na Turquia

Sergio Perez não está no pódio há oito rodadas – e o piloto da Red Bull tem como meta um resultado entre os três primeiros na Turquia, enquanto assume o volante de um Red Bull RB16B de visual novo e busca o fim de sua seca.

Perez conseguiu levar o P2 no Grande Prêmio da Turquia de 2020 para Racing Point, e seguiu com sua primeira vitória na Fórmula 1 em Sakhir, antes de ser chamado para a Red Bull. Nesta temporada ele venceu o GP do Azerbaijão e subiu ao pódio na próxima rodada, no circuito Paul Ricard, na França, mas não conseguiu terminar melhor que o P5 nas últimas seis rodadas.

Antes do GP da Turquia de 2021, ele disse: “Estou muito confiante neste carro, acho que ultimamente temos dado bons sinais de ritmo, mas estou consciente de que devemos montá-lo para colocar o carro onde ele merece no grid e depois voltar a marcar esses grandes pontos, para nos levar onde queremos estar no campeonato, no final da temporada”.

“Estou ansioso pelas últimas sete corridas e tenho a certeza que a nossa sorte mudará. Estamos a ter um bom desempenho na pista, mas agora temos de o mostrar com os nossos resultados no domingo. Quero estar de volta ao pódio este fim-de-semana”, ele adicionou.

Perez acrescentou que fez uma preparação “intensa” depois da Rússia, onde conseguiu um P9: “Sim, trabalhamos muito depois da Rússia para analisar o que deu errado e o que deu certo e onde podemos melhorar. passei mais algum tempo no simulador à frente da Turquia também, então fizemos alguns trabalhos de casa bastante intensos neste fim de semana”.

Quanto ao companheiro de equipe Max Verstappen – que está a apenas dois pontos de Lewis Hamilton no campeonato – o holandês está de olho em algo muito maior do que a classificação P6 que conquistou na Turquia no ano passado.

“O GP da Turquia do ano passado não foi, obviamente, o melhor fim de semana para nós como equipe, mas acho que as circunstâncias serão bem diferentes este ano – espero que a pista seja um pouco mais aderente”, disse ele. “Penso que, em geral, será um novo fim de semana para todos, haverá muito a aprender, por isso estou ansioso para ver o quão competitivos somos lá.”

A Red Bull está agora 33 pontos atrás da Mercedes na luta pelo campeonato de construtores, mas com os Silver Arrows meditando sobre a decisão de dar a Hamilton um novo motor neste fim de semana, essa diferença pode diminuir na Turquia.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo