Esportes

Verstappen considera o pódio duplo da Red Bull na Turquia “um resultado muito bom” 

liderança do campeonato mudou de mãos pela quarta vez nas últimas seis corridas e agora Max Verstappen é o líder, tendo terminado em segundo na Turquia e liderado um pódio duplo da Red Bull. É um resultado que ele e seu companheiro de equipe Sergio Perez disseram ser o máximo que eles poderiam ter alcançado – com Perez agora inflexível, eles podem trazer o troféu do campeonato de construtores para casa.

Verstappen largou em segundo no úmido GP da Turquia, com Valtteri Bottas na pole. Os dois terminaram lá, com o piloto da Red Bull acompanhando o finlandês na primeira passagem – mas lutando para se manter em contato após a volta 37-38 nos pit stops. Ele explicou que o ritmo de Bottas significava que era apenas uma questão de ficar de olho no piloto da Mercedes, que acabou se revelando impecável no domingo.

“Acho que conseguimos maximizar o resultado – Valtteri foi, claro, um pouco mais rápido – mas acho que todo esse fim de semana estávamos um pouco atrasados ​​em relação à Mercedes, e esta corrida foi apenas para controlar os pneus para uma determinada volta”, ele disse. “Mas, como equipe, terminar em segundo e terceiro aqui foi um resultado muito bom”.

Com seis corridas restantes e Verstappen com o objetivo de consolidar sua liderança de seis pontos na classificação dos pilotos, ele acrescentou: “Eu gostaria de ter um pouco mais de velocidade no carro, então teria sido um pouco mais fácil, mas estamos na luta e continuamos lutando, e veremos nas próximas corridas quão competitivos seremos”.

1345843410
Faltou ritmo a Verstappen para desafiar Bottas pela vitória

Quanto a Perez, que conseguiu subir ao pódio desde o Grande Prêmio da França em junho (7ª rodada), o mexicano começou em sexto e terminou em terceiro com um passe tardio sobre Charles Leclerc, enquanto Pierre Gasly foi penalizado por tirar Fernando Alonso da disputa e A aposta de Lewis Hamilton de ficar sem parar não valeu a pena. Perez disse que seu pódio estava demorando muito.

“Honestamente, nas últimas corridas tive muito azar. Em Monza terminei no pódio, mas fui penalizado; Rússia, a três voltas do fim eu estava no pódio. Tem vindo para muitas corridas. Mas certamente é bom, especialmente na corrida de hoje [porque] me senti muito desconfortável com o carro e não tínhamos ritmo para igualar os Mercedes, e sinto que maximizamos nosso resultado hoje. Tenho certeza que se conseguirmos fazer isso nas próximas seis corridas, ainda podemos ganhar este campeonato”, afirmou.

Ele não apenas conquistou o terceiro lugar, mas Perez ficou em primeiro lugar em uma batalha fantástica da volta 35 com Hamilton. Ele comentou: “Foi muito intenso naquele ponto porque eu acho que Lewis realmente me pegou no … meu pior ponto da minha corrida hoje porque eu estava lutando muito com meus pneus naquele ponto. Aquela primeira passagem foi muito difícil para mim, especialmente no final, e Lewis foi muito rápido, acho que ele era na época o carro mais rápido em pista”.

“Então, segurá-lo naquela época foi um grande desafio; Fizemos uma boa luta, tive que ir e desviar do cone do pit na entrada do pit, mas foi uma luta boa no geral, consegui ficar na frente”, lembrou o mexicano.

Apesar do resultado na Turquia, a Mercedes conseguiu superar a Red Bull por 36 pontos, para 33, o que significa que o Silver Arrows aumentou sua vantagem para 36 pontos.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo