News

Amapá apresenta redução no número de crimes violentos

Compartilhar

Balanço aponta redução de 87,5%, referente ao último final de semana em comparação ao início do mês, após a intensificação das medidas adotadas para enfrentamento às organizações criminosas.

Nesta segunda-feira, 18, o Governo do Estado divulgou um relatório que aponta a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) no periodo de 1º a 18 de outubro – em que foi intensificada a Operação Saturação, estratégia que combate as ações do crime organizado no Amapá.

Os dados apurados pela Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) mostram que, no primeiro fim de semana de outubro, houve registro de 8 mortes violentas. Esse número caiu para 5 no fim de semana seguinte e, na sequência, reduziu para 1, após o isolamento das lideranças de facções marcando uma diminuição de 87,5%.

O índice é resultado do trabalho coordenado pela Sejusp com a integração entre forças de segurança municipais, estaduais, federais, com apoio do Ministério Público e demais órgãos do Poder Judiciário.


“Com as ações coordenadas, alinhadas em todos os níveis da Segurança Pública , o Estado está respondendo com uma segurança efetiva, com policiamento ostensivo/ preventivo e repressivo qualificado para fazer com que as pessoas se sintam seguras”, destacou o secretário da Sejusp, coronel Carlos Souza.

Repressão ao crime organizado

Em setembro, a Sejusp anunciou cinco medidas para o enfrentamento à violência e repressão às organizações criminosas, em conjunto com as corporações da Segurança Pública. São ações já implementadas pelo Estado e que seguem intensificadas:

  • Transferência de líderes apenados, mapeados pelas agências de inteligência do estado em um amplo trabalho de articulação com o Ministério Público e o Poder Judiciário para a desarticulação desses grupos;
  • Ações coordenadas das agências de inteligência da Sejusp, Polícia Militar, Polícia Civil e Iapen, junto com o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes) para desmobilização das organizações criminosas e atuação estratégica das forças de Segurança;
  • Redução do expediente administrativo para reforço do contingente de agentes no policiamento ostensivo;
  • Incursões pelas equipes especializadas nos locais de maior incidência de confrontos entre grupos criminosos;
  • Articulação de ações conjuntas com a Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal para integrarem operações dentro de suas competências.

Fonte: Governo do Amapá


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo