Esportes

Leonardo Iizuka leva a prata no sub-17 do WTT Youth Contender na Eslováquia

Compartilhar

Brasileiro, que já havia conquistado o ouro no sub-15 da Hungria, alcançou a decisão em que acabou batido pelo australiano Nicholas Lum.

O Leste Europeu tem sido bom para Leonardo Iizuka. Depois de ter conquistado o ouro no sub-15 do WTT Youth Contender de Szombathely, na Hungria, o brasileiro brilhou em Senec e levou a prata no torneio sub-17 da competição do Circuito Mundial de Jovens, que acontece na cidade eslovaca. Jogando em uma categoria acima, o brasileiro chegou à final da competição neste sábado (6), o que rendeu a segunda colocação ao atleta. Na decisão, ele acabou sendo batido pelo australiano Nicholas Lum por 3 a 0, com parciais de 11/4, 11/9 e 11/7.

Para chegar à final, o brasileiro teve de passar por dois jogos eliminatórios. Primeiro, ele superou, após estar perdendo por 2 a 0, o singapurense Yong Quek em um jogo muito disputado: 3 a 2, com parciais de 7/11, 9/11, 11/8, 11/8 e 11/8, pelas quartas de final. Nas semifinais, o brasileiro conseguiu uma nova vitória em um belo jogo contra o tailandês Napat Thanmathikom. O triunfo foi por 3 a 1 (11/6, 10/12, 11/9 e 11/5).

“É sempre bom ganhar independente da categoria, ainda mais aqui fora. Ele fez por merecer, sabia que o caminho era difícil, agora é manter o foco para o sub-15”, elogiou a treinadora Lígia Silva.

Iizuka não se deu por satisfeito com o pódio no sub-17. O atleta, que também está disputando o torneio sub-15, foi à mesa neste sábado pelo Grupo 12 e terminou na liderança do triangular com dois jogos vencidos: 3 a 1 (7/11, 11/3, 11/9 e 11/5) diante do eslovaco Adam Madaras e 3 a 0 (11/8, 11/9 e 11/6) no tcheco Martin Slany.

Ainda em Senec, Diogo Silva fez a sua estreia no torneio sub-19 e, assim como o compatriota, obteve a sua classificação para a fase eliminatória. Pelo Grupo 8, o atleta terminou na primeira colocação ao ganhar uma partida e perder outra. O seu triunfo foi diante do alemão Tom Schweiger por 3 a 0 (11/6, 11/6 e 11/6), enquanto o seu revés aconteceu contra o tcheco Vit Kadlec por 3 a 2 (11/5, 6/11, 12/14, 11/5 e 9/11).

Meninas na Hungria

O Brasil ainda teve três atletas femininas em ação no WTT Youth Contender, em Szombathely, na Hungria. Neste sábado, todas as representantes do país alcançaram a fase principal dos seus respectivos campeonatos. No sub-19, Giulia Takahashi avançou ao ter ficado na liderança do Grupo 5. A brasileira bateu a indiana Nithya Mani por 3 a 2 (11/6, 7/11, 9/11, 15/13 e 11/6) e a eslovaca Ema Cincurova por 3 a 0 (11/5, 11/5 e 11/6).

Na mesma categoria, Laura Watanabe também conseguiu passar de fase. Ela ficou na vice-liderança do Grupo 9 por ter derrotado a mesa-tenista da casa, Nora Tanacs, por 3 a 2 (8/11, 11/7, 11/7, 4/11 e 11/9) e por ter sido batida pela tcheca Helena Sommerova pelo mesmo placar. As parciais foram de 11/9, 5/11, 14/12, 4/11 e 14/16.

No torneio sub-15, Beatriz Fiore ficou na segunda colocação do Grupo 1 e, com isso, conseguiu um lugar na próxima fase. Os resultados que garantiram a classificação para a brasileira foram: vitória sobre a croata Franka Miskic por 3 a 0 (11/3, 11/4 e 11/9) e derrota para a indiana Suhana Saini pelo mesmo placar (5/11, 3/11 e 5/11).

O dia ainda teve Giulia nas quartas de final do sub-17. Apesar de ter brigado demais na partida que valeria um lugar no pódio, a paulista acabou caindo diante de Lin Qian Ser, de Singapura, por 3 a 2, com parciais de 9/11, 11/4, 10/12, 11/9 e 8/11.

Fonte: CBTM


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »