News

10/11 – Dia Mundial do Ceratocone

Compartilhar

Ceratocone é uma doença dos olhos que afeta a estrutura da córnea, camada fina e transparente que recobre toda a frente do globo ocular. Ao sofrer afinamento e aumento na sua curvatura, a córnea deixa de ser redonda e adquire formato de cone.

A data comemorativa foi criada em 2016 pela National Keratoconus Foundation (NKCF) com o objetivo principal de conscientizar e informar sobre o ceratocone, doença que atinge 1 a cada 2.000 pessoas.

Para doenças comuns existem muitas pesquisas visando o desenvolvimento de novos tratamentos, com doenças raras ou incomuns como o ceratocone, geralmente há muito pouca pesquisa e poucas opções de tratamento. Em alguns países, mesmo obter um diagnóstico correto pode ser difícil.

Por isso, todos os anos, em 10 de novembro, organizam-se diversas atividades para conscientizar o público, pesquisadores, profissionais de saúde e legisladores sobre o impacto da doença nas vidas das pessoas afetadas, assim como em suas famílias e amigos. O Dia Mundial do Ceratocone é uma forma de aumentar a conscientização e a esperança.

Os sintomas são visão borrada, embaçada e distorcida, tanto de perto quanto de longe. O paciente também pode sentir outros tipos de desconforto, como dor de cabeça, fotofobia e coceira excessiva.

O ceratocone é uma das principais causas para transplante de córnea, mas é indicado apenas quando os óculos e as lentes de contato especiais não são suficientes para a correção visual. Quando o tratamento adequado é feito a tempo, menos de 10% dos casos evoluem para transplante.

Costuma surgir na infância, na adolescência ou no início da vida adulta e pode progredir por 30 anos. Cerca de 1% a 5% da população possui defeitos em um gene que desencadeiam o ceratocone, mas sua causa é desconhecida. Seu surgimento também parece depender de estímulos externos, como coçar, esfregar, apertar e fazer qualquer movimento involuntário nos olhos.

Tratamento:

Nas fases iniciais, quando a deformação da córnea não é grave, o uso de óculos é suficiente para recuperar a acuidade visual. No entanto, à medida que o ceratocone evolui, os óculos precisam ser substituídos por lentes de contato que ajudam a ajustar a superfície anterior da córnea e a corrigir o astigmatismo irregular provocado pela deformidade.

Outras opções de tratamento, são os anéis intracorneais ou intraestromais, chamados anéis de Ferrara, que são utilizados para regularizar a curvatura da córnea, quando os óculos e as lentes de contato não produzem mais o efeito desejado. Há, ainda, o crosslinking, uma intervenção que tem por objetivo fortalecer as moléculas de colágeno da córnea para evitar que ela continue abaulando. A técnica consiste em raspar a superfície da córnea, para depois aplicar um colírio à base de vitamina B2 (riboflavina) e, em seguida, um feixe de luz ultravioleta.

Embora o ceratocone seja uma causa frequente de transplante de córnea, ele só é indicado em um número pequeno de casos mais graves, quando os pacientes deixam de responder bem às outras formas de tratamento.

Prevenção:

Por ser uma doença de caráter genético e hereditário, não se conhecem maneiras de prevenir o seu aparecimento. Porém, é possível controlar a evolução da doença nas pessoas geneticamente predispostas, corrigindo o hábito de coçar os olhos, tratando a rinite alérgica, as alergias dermatológicas e a asma, por exemplo, que podem causar a coceira. É importante, também, avaliar as condições de adaptação e higiene das lentes de contato, se for o caso.

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Oftalmologia chama a atenção para o perigo de esfregar ou coçar os olhos, alertando que a desinformação pode prejudicar mais do que a doença, que afeta cerca de 150 mil brasileiros por ano e enfatiza a importância da consulta periódica com um médico oftalmologista, sobretudo se existirem casos de ceratocone na família.

O diagnóstico precoce é fundamental para controlar a progressão da doença e preservar a acuidade visual.

Saiba mais sobre ceratocone ouvindo ao Podcast da rádio Veja Bem/CBO!

Fontes:

Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO)
Conselho Brasileiro de Óptica e Optometria (CBOO)
Instituto Brasileiro de Assistência e Pesquisa (IBAP)
Keratoconus Group
National Keratoconus Foundation (NKCF)

Fonte: https://bvsms.saude.gov.br

Ver também:

Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

Como estabelecer metas de estudos.

 A educação de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar.


O ensino de alta qualidade já está ao alcance de todos e em qualquer lugar. Educação de Ensino em Casa, Jardins de Infância e Escolas, com cursos educacionais pré-escolar, ensino básico, fundamental e médio!

Gratuitamente, clique e comece já!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo