NewsReligiosidade

Prisão De Papa Francisco – Quem Vai Cumprir A Ordem?

Compartilhar

Ordem de prisão é emitida contra o Papa Francisco. Recompensa e anistia são oferecidas como atenuantes.

Ao final, provas documentais e vídeo do denunciante, bem como documentários e depoimentos de várias fontes, inclusive Dr. Oscar Aníbal Chiappano, Juiz Corregedor Arbitral Internacional.

Antes que alguns se precipitem a espernear “isso é fake”:

  1. João faz vídeo, junta documentos e registra denúncias contra Pedro.
  2. Paulo diz “João faz vídeo e denuncia Pedro”.
  3. O que Paulo disse é mentira?

Porventura, existe alguém infalível na terra? Ou apenas alguns alvos preferenciais podem ser acusados diariamente?

Informamos o fato do que fora denunciado. Portanto, nossa notícia não é “fake”, ainda que trate de alguma que possa ser. Por isso está em tom de pergunta, e seguem elementos impactantes de investigações sobre crimes contra a humanidade, direcionamentos e influências sobre governos, e pauta ambiental e social do planeta. Isso não depende do quesito “prisão” ou “não prisão”, de crer ou não crer. Não entramos no mérito do julgamento; apenas informamos os fatos.

Não se comenta filme ou livro pelo título, mas por entender os detalhes do conteúdo, principalmente quando apresenta verdades e fatos que não dependem de opiniões, análises ou juízo de valor, mas de documentos e denúncias formais.

Se alguém mente ou o Sistema corrompido absolve algum culpado, isso não significa inocência, muito menos anula a existência factual da denúncia e os documentos apresentados. Ausência de prisão ou investigação inadequada significam inocência? Quantos casos de circo judicial existem no Brasil e no mundo? Estar solto significa inocência? Há exemplos icônicos no país!

Isto posto, informamos tão simplesmente que o vídeo existe, a denúncia existe, a investigação existe, os fatos existem, os documentos existem. E estão todos arrolados no transcorrer deste texto, assim como dentro das plataformas e links explicitados.

O julgamento pelo Sistema e questões políticas são outra questão. Não seguiremos o exemplo ideológico de dourar a pílula por motivos de preferências pessoais. Verdade é verdade; fato é fato; narrativas são narrativas.

Pelo que se presencia em redes sociais e grupos, fato é que pessoas não precisam de grupos; grupos precisam de pessoas! Principalmente daquelas que contribuem com informações de fontes oficiais, científicas e legais, averiguadas, independentemente de opiniões.

Grupos sérios não precisam de réplicas de ditadores que rapidamente mostram as garras quando o tema não lhes agrada. Quem assim age, mostra-se idêntico aos tiranos contra quem o mundo luta, por liberdade de pensamento, crença, expressão e direitos individuais. São miniaturas dos tais: Dê-lhes poder, em qualquer área, função, cargo, igreja, portaria, assessoria “paralamentar”, suboficial de coleta de clips de prontuários, amarrador do cadarço do carimbador adjunto, e se mostrarão exatamente assim, pisando sobre pessoas, tentando cercear liberdade de expressão quando o assunto lhe é desafeto, ignorando e atropelando fatos e verdades, impondo suas narrativas e preferências pessoais, desde que suas palavras sejam as últimas e muito bem acatadas.

Ou seja, via de regra, é o contrassenso daquilo que se prega em seu próprio meio, revelando sua natureza, garras e deixando claro a todos que A Parábola do Sapo e o Escorpião continua muito atual [clique]. A esses, temos que aprender dizer, “ok, a grama é azul” [clique]. A seleção natural dos grupos acaba mostrando “quem é quem”, e cada qual há de manifestar aquilo para o qual foi treinado e vocacionado.

Após compreensão dos fatos e verdades supra, a presente matéria não julga, mas apenas apresenta os documentais e registros oficiais da denúncia do antropólogo, escritor e jornalista canadense, Kevin Annett, em vídeo publicado no YouTube em 31/10/2021.

Vídeo do autor Kevin Annett – ICLCJ – International Common Law Court of Justice

A presente matéria não expressa nossa opinião ou afirmações, todavia cumpre-nos apresentar os fatos para que o leitor tire suas próprias conclusões.

MURDER BY DECREE – ASSASSINATOS POR DECRETO

A gravação feita em Toronto, Canadá, anuncia recompensa de 10 mil dólares por informações que levem à captura, valor esse registrado em Tribunal de Justiça Internacional.

Segundo Annett, o mandado contra o clérigo máximo católico foi emitido às autoridades do mundo, com acusação de cumplicidade pessoal em crimes contra a humanidade.

O caso vem de processo antigo. A publicação (vídeo) agrega a seguinte nota, ipsis verbis:

«O tribunal que forçou a renúncia do Papa BENTO XVI em fevereiro de 2013 emitiu uma ordem de prisão e mandado contra o Papa FRANCISCO (Jorge Bergoglio) por crimes contra a humanidade, junto com uma recompensa de US$10.000 por sua captura.

O Tribunal de Justiça de Direito Comum Internacional (ICLCJ) emitiu a Ordem e a recompensa hoje, 1º de novembro de 2021, junto com uma oferta de anistia da acusação a qualquer funcionário católico ou clero que auxilie na detenção de Bergoglio.

De acordo com a declaração do Tribunal que acompanhou sua Resolução,

“Nosso promotor tem em sua posse evidências documentadas e depoimentos de testemunhas oculares que atestam a cumplicidade pessoal de Jorge Bergoglio em estupro infantil, tortura e tráfico, assassinato ritual, genocídio médico, obstrução da justiça e uma responsabilidade de comando geral por assassinato em massa e outros crimes perpetrados por a Igreja de Roma … [sic]

Bergoglio está sujeito a processo como pessoa acusada de acordo com o direito comum e internacional, e será processado por nosso Tribunal.

Estamos oferecendo uma recompensa e imunidade de processo a qualquer pessoa e especialmente a qualquer um dos associados da igreja de Bergoglio que nos ajudem a detê-lo e processá-lo.”

Uma cópia do Pedido e do Warrant [sic] pode ser encontrada em www.murderbydecree.com em ITCCS Updates.” (Tribunal Internacional em Crimes de Igreja e Estado).».

É A PUBLICAÇÃO DO ANTROPÓLOGO.

Segundo o documento [prova de que a denúncia existe], o pedido de prisão e mandado foram emitidos contra o senhor Francisco Bergoglio, na segunda-feira, 1º de novembro de 2021, pelo Gabinete de Informação do Tribunal de Justiça de Direito Comum Internacional (Bruxelas, Nova York, Vancouver) [International Common Law Court of Justice – ICLCJ].

O ICLCJ (International Common Law Court of Justice) é um tribunal de registro legal estabelecido em 1º de janeiro de 2012, pelo Tribunal Internacional de Crimes de Igreja e Estado – ITCCS.

O Mandado de Prisão, na íntegra, consta do seguinte endereço eletrônico: murderbydecree.com/2021/11/01/breaking-global-news-monday-november-1-2021-arrest-order-and-warrant-issued-against-pope-francis-by-international-court-10000-reward-and-amnesty-offered-to-detain-jorge-bergoglio-for/

Em 13/11/2011, o Papa BENTO XVI foi denunciado ao tribunal de Haia por vítimas de pedofilia             (cebes.org.br/publicacao/papa-bento-xvi-e-denunciado-ao-tribunal-de-haia-por-vitimas-de-pedofilia).

“Checadores” de notícias, sites e agências de “especialistas e doutores em verdade”, servem para [des]informar coisas do tipo (basta pesquisar) “[…] quem é condenado, é preso, não é mesmo? Passados cinco anos dos primeiros boatos, nada aconteceu (nem notícias em fontes confiáveis e, muito menos, uma prisão).” Se esse é o referencial dos “especialistas” para afirmar o que seja verdade ou mentira, sob o argumento de que não ser preso durante cinco anos significa inocência, é melhor nada comentarmos. O que se dirá dos milhares de criminosos, julgados e condenados, porém ainda soltos, por falhas da justiça ou, pior, por interesses políticos? Que a Justiça seja satisfeita, acima de análises e opiniões de quem quer que seja.

O vídeo (e notas) [youtube.com/watch?v=DRWjVJjRKn0], publicado em 31/10/2021, atingiu 145.770 visualizações até 10/11/2021, às 00h48, e, por ser de possível remoção por interesses escusos, segue, na íntegra, aos nossos seletíssimos leitores:

Seguem outras provas documentais (vídeos), bem como documentários e depoimentos de várias procedências, cujo conteúdo e publicação é de responsabilidade das respectivas fontes originais, inclusive Dr. Oscar Aníbal Chiappano, Juiz Corregedor Arbitral Internacional, o juiz caçador de corruptos, que reitera a denúncia e acusa de crimes graves. Após assistir os vídeos abaixo, recomendamos, também, que conheçam outra matéria impactante de Chiappano [clique].

O QUE HÁ NOS BASTIDORES?

Novo culto e mantra globalista ecoam a partir do Vaticano. Os princípios cristãos são claros obstáculos aos propósitos da ONU. A assinatura de acordos mundiais a partir de uma central religiosa mundial visa romper e afastar esses “entraves”. Os objetivos passam longe de interesses cristãos, religiosos ou doutrinários, mas reúne todas as religiões com vistas aos interesses da nova ordem. Existe a teoria da conspiração, assim como a teoria da constatação. Cada qual acredita ou contesta como quiser ou puder. Eis os fatos.

Papa Francisco se reúne com lideranças religiosas globais para assinatura de documento em apoio à agenda ONU 2030. Não se trata de salvar o planeta, mas de poderes e principados reunidos, religião e política, pavimentando a estrada, já com as normas e pedágios, de pautas ambientalistas, globalistas e de novas formas de controle mundial, inclusive sobre futuras pandemias “previstas”. Aqui, não é questão de teorias da conspiração, mas de fatos, contra os quais, não há argumentos. Rafael Bitencourt, publicado em 6 de out. de 2021:

Papa Francisco, em seu próprio Tweeter (16/10/2021, às 07h30) descreve que o problema da fome no mundo é o livre mercado. Essa visão nada mais é do que reforço à bandeira socialista do Fórum Econômico Mundial: “Você não terá nada. Mas você será feliz”. É partidário do controle de patrimônio, alimentos e economia, em nome da suposta solidariedade. Não reproduzimos o termo “pontífice”, uma vez que  pontífice significa a autoridade máxima que faz “ponte” (a ponte máxima, o mediador) entre Deus e os homens, o que é frontalmente contrário às Escrituras: “Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus” (ITm.2:5 – NVI).

O arcebispo Carlo Maria Viganò (reportagem de Brian Roewe, publicada por National Catholic Reporter, 28-08-2018 e tradução de Victor D. Thiesen), corajoso que apresenta acusações contra o Papa Francisco, tem se tornado uma voz incidente, dissonante no Vaticano e denuncia que, segundo ele, entre outras coisas graves  (escândalo “Vatileaks”), Bergoglio está engajado com principados mundiais, do “The Deep State” e “The Deep Church”, governo socialista mundial. Nesse modelo, a propriedade privada é condenável, mas, incoerentemente, as vozes que mais que defendem tal sistema, tornam-se cada vez mais metamagnatas e controladores de riquezas e dando as rédeas ao mundo.

Portanto, o clérigo máximo defende bandeiras da nova visão da elite mundial, quando deveria defender questões teológicas (sua área) e os próprios fiéis perseguidos, presos, torturados e mortos nas históricas cortinas de ferro, bambu e atual dragão vermelho, onde o comunismo impera.

Bergoglio diz que “foi colocado lá”, para um papado curto e com propósitos definidos. Os próprios católicos confirmam, não apreciam, nem apoiam esse fato. Entre valores e bandeiras, fica muito claro seu alinhamento, sorrisos largos, abraços e alianças com líderes mundiais adeptos dos deuses Moloque, Gaia e incontáveis divindades nefandas. Em seus discursos, cartas e encíclicas, Francisco defende a ideologia socialista, conforme registra o vídeo. Aqui, também, não é questão de teorias da conspiração, mas de fatos, contra os quais, não há argumentos. Fonte: Rafael Bitencourt – 4 de nov. de 2021.

The History Channel Brasil registra a antiguidade das investigações e perplexidade da renúncia.

Aos que estranham as datas, deve-se levar em conta que as denúncias não são recentes. As investigações ainda não concluídas remontam a tempos mais antigos.

Veja parte nesse documentário produzido por The History Channel Brasil e publicado em 11 de dez. de 2018: A verdade por trás da renúncia do papa Bento XVI | O ÚLTIMO PAPA | HISTORY.

A verdade por trás da renúncia do papa Bento XVI | O ÚLTIMO PAPA | HISTORY

Ratificando a máxima; Existe a teoria da conspiração, assim como a teoria da constatação. Cada qual acredita como quiser ou contesta como puder. Eis os fatos.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Dan Berg

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »