Esportes

Verstappen convocado pelos comissários sobre o incidente com as bandeiras amarelas no Q3

Compartilhar

Max Verstappen foi convocado pelos comissários depois de supostamente não ter desacelerado devido às duas bandeiras amarelas acenadas na sessão de qualificação de sábado, no Qatar.

O piloto da Red Bull estava em sua última corrida na última parte da qualificação no Circuito Internacional de Losail quando à frente dele na pista, Pierre Gasly, da AlphaTauri, sofreu um problema na asa dianteira e um furo, o que o levou a desacelerar até parar na reta principal.

Amarelos duplos ondulados foram mostrados brevemente, com Verstappen completando sua volta, embora ele não tenha feito o suficiente para melhorar o slot da grade P2 que ele já tinha.

Após a qualificação, o holandês disse que o problema de Gasly não era um problema para ele. “Ouvi dizer que depois da sessão ele danificou a asa dianteira. Mas do meu lado, estava tudo bem”, disse ele.

Mas quase três horas após a qualificação, os comissários anunciaram que convocaram Verstappen para vê-los no domingo às 13 horas locais no Qatar.

O documento dizia que a intimação era em relação a uma “alegada violação do Apêndice H, Art. 2.5.5.b) do Código Desportivo Internacional da FIA e não conformidade com as Notas do Diretor de Provas 7.1, não respeitando as bandeiras amarelas duplas onduladas em 18 : 00. “

Verstappen pode correr o risco de uma penalidade de grade se os comissários decidirem que ele infringiu as regras.

Fonte: Fórmula 1


Seu apoio é importante, torne-se um assinante! Sua assinatura contribuirá para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo